TRADUZIR

terça-feira, 7 de junho de 2011

TRÊS BISPOS DOS MAIS SÁBIOS ACONSELHAM O PAPA: "AQUELE LIVRO (A BÍBLIA) TEM LEVANTADO CONTRA NÓS TORVELINHOS E TEMPESTADES..."


TRÊS BISPOS ACONSELHAM AO PAPA PROIBIR A BÍBLIA


DOCUMENTO  arquivado  na  BIBLIOTECA   IMPERIAL   DE   PARIS: "... aquele livro [a Bíblia] mais do que qualquer outro tem levantado contra nós esses torvelinhos e tempestades, dos quais meramente escapamos de ser totalmente destruídos... verá que  a  nossa  doutrina  é  muitas  vezes  diferente  da doutrina dele, e em outras até contrária a ele..." 



20/09/2008
Autor da 
Denúncia de Mentira:
Oswaldo
'

I - A MENTIRA



Outra também bem documentada:

Em datas passadas alguém com o apelido de "Mineirinho" apareceu no antigo fórum CGF (fórum dos Evangélicos) dizendo-se que, embora não fosse de seu feitio "desenterrar defuntos", acabou por praticar esta "exumação".

Eis pois o cadáver:

"A ICAR Convocou três bispos, dos mais sábios, e lhes confiou a missão de estudarem com cuidado o problema e apresentarem as sugestões cabíveis. Ao final dos estudos, aqueles bispos apresentaram ao papa (Júlio III) um documento intitulado:

BIBLIOTECA IMPERIAL DE PARIS
 -   HOJE  CHAMADA  BIBLIOTECA 
NACIONAL DE PARIS
"Direções Concernentes Aos Métodos Adequados A Fortificar A Igreja De Roma"

Tal documento está arquivado na Biblioteca Imperial de Paris, fólio B, número 1088, vol. 2, págs. 641 a 650

Seguem as conclusões a que chegaram os três bispos católicos: "Em suma, aquele livro (a Bíblia) mais do que qualquer outro tem levantado contra nós esses torvelinhos e tempestades, dos quais meramente escapamos de ser totalmente destruídos.

De fato, se alguém o examinar cuidadosamente, logo descobrirá o desacordo, e verá que a nossa doutrina é muitas vezes diferente da doutrina dele, e em outras até contrária a ele; o que se o povo souber, não deixará de clamar contra nós, e seremos objetos de escárnio e ódio geral. Portanto, é necessário tirar esse livro das vistas do povo, mas com grande cuidado, para não provocar tumultos"

Bolonie, 20 Octobis 1553

Vicentius De Durtantibus, Egidus Falceta, Gerardus Busdragus"

Puxa vida! Eis aqui um documento completamente identificável. Mas alguma coisa não está "batendo". Três bispos "dos mais sábios" , fiéis ao Papa, chegar à suspeitíssima conclusão de que se alguém examinar cuidadosamente a Bíblia irá descobrir que ela está em desacordo e até contrária aos ensinamentos da Igreja?... Seria muita ignorância para tão grandes sumidades! Nem me causou espanto, pois tinha certeza que se tratava de falsificação.

20/09/08


II - ONDE PODE SER ENCONTRADA


















6 - JESUS SITE - Estudo de Seitas - A IGREJA CATÓLICA PROÍBE A LEITURA DA BÍBLIA

7 - NOSSA HISTÓRIA, NOSSO POVO: - "Bispos católicos admitem que a Bíblia pode trazer problemas às doutrinas Católicas Romanas"


EIS A MENSAGEM QUE POSTEI E FOI PUBLICADA:


Fui pesquisar sobre o documento alegado e descobri que o documento é uma farsa escrita pelo protestante PIER PAOLO VERGERIO (1498-1565). Eis o que respondeu da dita biblioteca: Em carta à parte, a mesma Biblioteca explicitava a temática:

"O texto que procurais é uma crítica em estilo satírico, dirigida ao Papado e publicada em 1553 com o título "Consilium quorumdam apiscoporum Bononiae Congregatorum quod de ratione stabiliendae Romanae Ecclesiae Iulio III P.M. datum est". O seu autor Pier Paolo Vergério (1498-1585) Bispo de Modruch, e, depois, de Capo d'Istria, aderiu posteriormente à reforma protestante em 1549 aproximadamente, põe em cena Bispos que prestam conselho ao Papa Júlio III sobre a maneira de restabelecer a autoridade pontifícia".

Donde provêm tantas mentiras assacadas pelos evangélicos contra a Igreja? Jesus dá a dica: "Vós tendes como pai o demônio e quereis fazer os desejos de vosso pai. Ele era homicida desde o princípio e não permaneceu na verdade, porque a verdade não está nele. Quando diz a mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira" (São João 8, 44)
NOTA: - Algumas pessoas têm a hombridade de publicar nossas mensagens. Não sei se apagarão depois. Mas fica aqui o registro.


É póssível encontrar esta mentira em muitíssimos sites protestantes (há cerca de 83 referências sobre a pesquisa "Direções Concernentes aos Métodos" em 20/09/08)

20/09/08



III - A VERDADE



Então me dei ao trabalho de verificar a concluí o seguinte:

Pier Paolo Vergerio - Autor do
documento "Consilium quorumdam
apiscoporum Bononiae Congregatorum
quod de ratione stabiliendae Romanae
Ecclesiae Iulio III P.M. datum est".
1) - O documento existe; a biblioteca tem outro nome;

2) - Os autores não são os bispos mencionados e sim PIER PAOLO VERGERIO (1498-1565), um protestante, grande inimigo da Igreja que foi dela expulso quando bispo de Modrusque.

A crítica imparcial não hesita em declarar que o documento em foco foi forjado por Pier Paolo Vergério.

Como foi dito, ele se encontra guardado na Biblioteca Nacional de Paris.

Às pessoas que interpelam esta instituição a respeito da autenticidade do documento, a Biblioteca tem respondido:

"É impossível que tal documento seja obra de alguma autoridade da Igreja Católica"

Em carta à parte, a mesma Biblioteca explicitava a temática:

"O texto que procurais é uma crítica em estilo satírico, dirigida ao Papado e publicada em 1553 com o título "Consilium quorumdam apiscoporum Bononiae Congregatorum quod de ratione stabiliendae Romanae Ecclesiae Iulio III P.M. datum est". O seu autor Pier Paolo Vergério (1498-1585) Bispo de Modruch, e, depois, de Capo d'Istria, aderiu posteriormente à reforma protestante em 1549 aproximadamente, põe em cena Bispos que prestam conselho ao Papa Júlio III sobre a maneira de restabelecer a autoridade pontifícia".

Bibliografia: Adolphe-Charles Siegfried, La Via et le travaux de Pierre-Paul Vergerio. Thése presentée [...] pou obtenir le grade de bachelier en théologie à la Faculté de théologie protestante de Strasbourg, Strasbourg, imprimerie de Vve Berger-Levrault, 1857

Ugo Rozzo (a cura di), Pier Paolo Vergerio Il Giovane, um polemista attaterso l'Europa del Cinquecento, Atti del Convegnho intternazionaale di studi, Forum Edizioni,2000.

Por minha sugestão, esta refutação foi publicada no "PERGUNTE E RESPONDEREMOS" de novembro/2006, n. 533, que traz o fato com mais detalhes.


Autor: Oswaldo
Veja o Índice das Mentiras em GOOGLE+
Acesse também:

.
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >