TRADUZIR

terça-feira, 7 de junho de 2011

BÍBLIA - APÓCRIFOS - ORÍGENES V.T. COM 22 LIVROS




I - A MENTIRA - “ORÍGENES: No terceiro século a.D., Orígenes (que morreu em 254) deixou um “catálogo de vinte e dois livros do Antigo Testamento, preservado na História Eclesiástica de Eusébio, VI: 25. Inclui a mesma lista do cânone de vinte e dois livros de Josefo (e do Texto Massorético), inclusive Ester, mas nenhum dos apócrifos é declarado canônico, e se diz explicitamente que os livros de Macabeus estão “fora desses [livros canônicos]“.









===========================


Autor: 

Fernando Nascimento



===========================


II – ONDE SE ENCONTRA



Igreja Batista Independente – Venâncio Aires-RS


Blog do JP


Merecem confiança os livros apócrifos?

[conteúdo removido]

Instituto Cristão de Pesquisas


Porque Recusamos os Apócrifos



http://www.icp.com.br/41materia2.asp


São várias páginas que seguem a estas informações que NEM VALE A PENA RELACIONAR TUDO.



III – A VERDADE

É MENTIRA – Tenho em mãos a “História Eclesiástica” escrita por Eusébio de Cesárea. Fui examinar a veracidade desta informação e constatei a seguinte lista:

1 – Bresith (Gênesis); 2 – Ouellesmoth (Êxodo); 3 – Ouicra (Levítico); 4 – mmesphecodeim – (Números); 5 – Elleadde-brfareim (Deuteronômio); 6 – NaveIosoubennoaun (Jesus, Filho de Nave); 7 – Sophtein (Juízes e Rute); 8 – Samuel (I e II Reis); 9 – Ouannelch David (III e IV Reis); 10 – Dabreiamein (I e II Paralipômenos); 11 – Ezra (I e II Esdras); 12 – Spharthelleim (Salmos);13 – Meloht (Provérbios de Salomão); 14 – Koeleth (Eclesiastes); 5 – Sireassireim (Cântico dos Cânticos; 16 – Iessia (Isaías); 17 – Ieremia (Jeremias com as Lamentações e a Carta); 18 – Daniel (Daniel); 19 – Ezechiel (Ezequiel); 20 – Job (Jô); Esther (Ester); 22 – Sarbethsabanaiel (I e II Macabeus).

a) Observem que “Ieremia” é formado por: Jeremias, Lamentações e Carta de Jeremias. Esta Carta faz parte do livro de Baruc considerado “apócrifo” pelos protestantes. Vejam a informação que segue com relação ao Livro de Baruc:

DIVISÃO E CONTEÚDO Consta das partes seguintes:

Introdução histórica (1,1-14). Além de apresentar o livro e o seu autor, relata o efeito que a sua leitura produziu sobre o rei, os nobres e todo o povo.

I. Confissão dos pecados, em prosa (1,15-3,8): não é mais do que uma espécie de “celebração penitencial” dos exilados da Babilônia.

II. Exortação sobre a sabedoria, em poesia (3,9-4,4): é composta por uma exortação de tipo sapiencial e um oráculo sobre a restauração de Jerusalém e o regresso do povo (4,5-5,9).

CARTA DE JEREMIAS (cap. 6,1-72): sob a forma de mensagem dirigida aos exilados da Babilônia, o profeta critica a idolatria, exortando-os a não seguirem os ídolos da cidade para onde tinham sido deportados. Em certas edições da Bíblia, a CARTA DE JEREMIAS aparece como livro autônomo. Aqui colocamo-lo no fim de Br, sempre no “Corpus” de Jeremias”


IV – CONCLUSÃO

ENTRE ESTES 22 LIVROS RELACIONADOS POR ORÍGENES ESTÃO INCLUÍDOS 3 LIVROS DEUTEROCANÔNICOS CONSIDERADOS PELOS HEREGES COMO “APÓCRIFOS”

=================
5 mai 2011
erimar

cai a farsa. O mais chato é que esses caras não põem as fontes.


==========

7 mai 2011
Cris (meire)

Oswaldo, os embusteiros retiraram a página do ar:

[http://www.ibivaires.org/old/iebivars/iebi_artigos/apocrifos/apocrifos7.html]

Oswaldo: - é lógico, perceberam que sua mentira foi denunciada!

======================

Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >