TRADUZIR

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

SILAS MALAFAIA FRAUDA VERSÍCULOS BÍBLICOS AO CONTRADIZER BISPO CATÓLICO

Silas Malafaia frauda versículos bíblicos tentando dar “resposta” a bispo católico e piora sua situação como enganador de evangélicos






Por Fernando Nascimento

O bispo católico Dom Henrique Soares explicava em um vídeo que infelizmente, os protestantes colocavam a bíblia acima da Igreja. Desde então, o esbravejante pastor Silas Malafaia correu pra fazer um pseudo “vídeo resposta” onde entre falácias e chistes, confundia o bispo com sendo um “padre” e usava erroneamente 3 versículos: João 5,39; Mateus 22,29 eSalmo 138,2, que segundo ele, atestam a conduta protestante em colocar a Bíblia acima da Igreja. Seria isso verdade? Não!


Analisemos então os três versículos citados e fraudados pelo Malafaia:

1- Em João 5,39, ele cortou a sequência do contexto e bradou só esse trecho abaixo, desonestamente trocando o verbo “examinais” por “examinai”: “Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;” – desse modo, insinuava ele que Jesus mandou “examinar” as Escrituras porque nelas tem vida eterna.
Ora, o pastor Malafaia fez apenas o que todo pastor protestante desonesto faz para enganar seus seguidores, mudou o modo do verbo e cortou a sequência das palavras de Jesus dando-lhe novo sentido como se Jesus estivesse fazendo uma imposição à leitura das Escrituras. Coisa que Jesus não está fazendo.


Na verdade, no contexto de seu pensamento, em João 5,39, Jesus está duramente repreendendo, eu disse repreendendo, os judeus que já liam (“examinais”) as Escrituras (a lei, e não a bíblia atual) sem no entanto dar bolas para Jesus, e ao que Ele ensinava.

Veja o contexto das palavras de Jesus, conforme a Bíblia protestante de João Ferreira, sem a tesoura do Malafaia:

“Examinais as escrituras, porque vós cuidais ter nela a vida eterna, e são elas que de mim testificam; e não quereis vir a mim para terdes vida. Eu não recebo glória de homens, mas bem vos conheço, que não tendes em vós o amor de Deus. Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis.” (João 5, 39-43)

Como bem explica o apologista católico Cristiano Macabeus, os judeus pensavam, imaginavam, supunham que havia vida eterna nas Escrituras que davam testemunho de Jesus, mas isso não é verdade. Não ganha vida eterna quem simplesmente lê as Escrituras. Esse é o versículo original correto e a verdadeira tradução:

ραυντε τς γραφς, τι μες δοκετε ν ατας ζων αἰώνιον χειν· (Jo 5,39)

ραυντε = Examinais (conjugado na 2ª pessoa do plural indicativo presente)


Resultado de imagem para examinais




τς = as

γραφς, = escritos, escrituras

τι = por que

μες =Vocês

δοκετε = pensam, imaginam, supõem

ν = em

ατας = elas

ζων = vida

αἰώνιον = eterna

χειν ter

Então juntando tudo teremos:

“Examinais as Escrituras, porque pensam ter nelas a vida eterna” (Jo 5,39)

Ou seja, Jesus está falando que os judeus iam buscar a vida eterna nas escrituras, quando na verdade ignoravam o essencial que estava na frente deles.

Se Malafaia e os que ele engana, agem hoje como aqueles judeus que preferiam as Escrituras, porque pensam que há nelas vida eterna, cabe a estes a mesma repreensão de Jesus Cristo, chefe supremo da Igreja, Igreja esta que é o seu corpo rejeitado pelo bloco do “Sola Scriptura” do Malafaia.

“Sob seus pés ele (Deus) subjugou todas as coisas e fez dele (Jesus) o chefe supremo da Igreja, qual é o corpo dele, a plenitude daquele que enche tudo em tudo." (Efésios 1,22-23)

Entendeu agora, Malafaia, que a Igreja é o corpo de Cristo e a plenitude daquele que enche tudo em tudo? – foi ela, a Igreja, que lhe proporcionou a Bíblia. Esses versículos de Efésios, também estão intencionalmente adulterados nas bíblias protestantes. Recomendo que use a tradução da Bíblia de Jerusalém.

2- O Mateus 22,29, citado por Malafaia é outra pixotada.
Ele pinçou só o trecho que diz: “Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” – Também aí não é uma recomendação de Jesus à leitura das Escrituras, mas uma repreensão aos saduceus, que como os Malafaias da vida, eram aristocratas religiosos que liam as Escrituras, mas não as conheciam e faziam perguntas maldosas para derrubar Jesus.

Contra os que lêem as Escrituras e as deturpam escreveu São Pedro, o primeiro líder da Igreja: “Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.” (2 Pe 3,16)

Resultado de imagem para insinuação significado
RESPOSTA NO CAPRICHO E EM ACRÓSTICO
Assim, cai por terra a insinuação malafaiana, que quem lê as Escrituras sem o Magistério da Igreja é bem informado a cerca de Deus.



3- O Salmo 138,2, foi o terceiro e último versículo citado pelo Malafaia, de onde ele leu de sua bíblia adulterada de 66 livros:“Inclinar-me-ei para o teu santo templo, e louvarei o teu nome pela tua benignidade, e pela tua verdade; pois engrandeceste a tua palavra acima de todo o teu nome.”

Ora, esse versículo está completamente adulterado nas traduções protestantes, e não está dizendo nada disso nas versões católicas, apesar do mentiroso Malafaia ter dito que estava. Esse versículo nos originais, não fala das “Escrituras” e nem da “palavra” como colocaram nas bíblias protestantes.

Diz esse versículo nos originais, conforme a tradução da Bíblia de Jerusalém:
“e me prostro voltado para o teu sagrado templo. Celebro teu nome, por teu amor e verdade, pois tua promessa supera tua fama.”(Salmo 138,2)

Por aí se vê como o pastor Malafaia é desonesto. Em sua bravata onde pensava estar dando uma “resposta” ao bispo Dom Henrique, ele descaradamente, crente que estava abafando, citou dois versículos onde Jesus repreende justamente quem lia as Escrituras e nada sabia a respeito de Jesus, e ainda usou uma adulteração dos Salmos das bíblias protestantes pra fazer apologia ao “Sola Scriptura”.

É por isso que Malafaia e sua trupe sectária estão no caminho da banca rota, se esfacelando cada vez mais, e toda vez que uma refutação como esta é lida por seus seguidores, suas contas bancarias despencam e lhes apavora o pensamento de terem que procurar emprego.

Como vemos, a heresia desse pastor Malafaia é tamanha. O livre exame da bíblia, já gerou tanta confusão e separação entre protestantes, que dificilmente terá conserto.

Resultado de imagem para LEVA À PERDIÇÃO
As Escrituras como a temos hoje, é um produto da Igreja, Igreja esta que as Escrituras dizem que é “a coluna e esteio da verdade” (1Timóteo 3,15). Ler as Escrituras e mal interpretá-la, como faziam os fariseus e saduceus, não garante o amor de Deus, como diz Jesus e leva á perdição, como diz São Pedro.

E antes de tudo, negar a Igreja pode fazer pagão qualquer um, mesmo que traga as Escrituras na mão.

"Se recusa ouvi-los, dize-o à Igreja. E se recusar ouvir também a Igreja, seja ele para ti como um PAGÃO ou um publicano." (Mateus 18, 17)

Encerro essa refutação com as palavras de Lutero, pai da fé do Malafaia, e que corrige as pretensões desse indouto pastor enganador de evengélicos:

"Reconhecemos que no papismo existe a verdadeira escritura sagrada... Devemos confessar a verdade: no papismo encontra-se a palavra de Deus, a missão apostólica, o verdadeiro batismo, o verdadeiro sacramento do altar, as verdadeiras chaves para a remissão dos pecados, o verdadeiro catecismo... E quanto à sagrada escritura e ao púlpito é dos papistas que os tomamos; sem o papismo que saberíamos nós?"(t. IV, p. 227 b. ed. de Wittemb., 1551 - cit. em A IGREJA, A REFORMA E A CIVILIZAÇÃO, Página 228, nota 34.

O Malafaia havia posto em seu vídeo um leão rindo do bispo. Mas informo ao pastor, que nesse momento, o zoológico inteiro está rindo de sua cara.

AS ALMAS DO PURGATÓRIO E MARIA SIMMA DE SONNTAG, ÁUSTRIA (1915-2004)


- 07.02.2008 - Uma alma mística chamada Maria Simma de Sonntag, nasceu na Áustria em 1915. Alma religiosa e mística foi favorecida de um carisma não muito raro na história da Igreja e das almas eleitas.

- Esta pobre senhora que estivera em três conventos onde passou um período de tempo, passou muito tempo ignorada segundo os planos de Deus e encontrou, pouco a pouco, sob a guia do seu Diretor espiritual, Pe. Alfonso Matt, a estrada da sua verdadeira vocação: o apostolado em favor das almas do purgatório e o seu testemunho não pode deixar de nos convencer.
"Em seguida, fez uma coleta, enviando a Jerusalém cerca de dez mil dracmas, para que se oferecesse um sacrifício pelos pecados: belo e santo modo de agir, decorrente de sua crença na ressurreição, porque, se ele não julgasse que os mortos ressuscitariam, teria sido vão e supérfluo rezar por eles. Mas, se ele acreditava que uma bela recompensa aguarda os que morrem piedosamente, era esse um bom e religioso pensamento; eis por que ele pediu um sacrifício expiatório para que os mortos fossem livres de suas faltas" (II Mac 12,43-46) 

- Maria Simma, há mais de 50 anos, foi visitada pelas almas do purgatório, vindo a falecer em 16 de Março de 2004 aos 89 anos. E que fatos e coisas lhe disseram essas almas?

- Deram advertências e notícias, pediram sufrágio e falaram do sofrimento que elas passam no purgatório (mesmo esperando alegremente encontrar-se cedo ou tarde no abraço de Deus); revelaram e revelam aos vivos a imensa possibilidade que esses têm de aliviarem o sofrimentos dos defuntos e de receberem em troca inumeráveis benefícios e ajuda para esta vida e a outra.

- O testemunho de Maria Simma tem como objetivo nos fazer refletir sobre os “novíssimos” (realidades futuras que nos aguardam após a morte) e quem sabe poderá ajudar-nos a mudar os nossos hábitos e começarmos a viver de uma maneira diferente, segundo a vontade de Deus.

- Sabemos que são muitos os canais que Deus se utiliza hoje para falar ao mundo, aos seus filhos, para ajudá-los em suas necessidades espirituais. Aproveitemos esta leitura e nos deixemos iluminar pelo Espírito Santo que age e fala através de seus eleitos.

...escrito pelo Padre Matteo La Grua.



Do livro escrito por Maria Simma: "As Almas do Purgatório me disseram..."

Este é o titulo de um livro escrito por Maria Simma, uma senhora nascida na Áustria no ano de 1915, na pequena aldeia de “Sonntag”, em família muito pobre. Segunda de oito filhos, desde pequena rezava muito pelas almas, como a sua mãe. Teve a graça de receber visitas de almas desde os seus 25 anos de idade, pelo resto de sua vida. Não pretendemos resumir o livro, mas apenas mencionar alguns itens.


 FACHADA DA IGREJA DO "SACRO CUORE DEL SUFFRAGIO"
(ou "Igreja do Sagrado Coração do Sufrágio")

 Igreja do Sagrado Coração do Sufrágio. Sufrágio significa ato de piedade, oração pelos mortos. A igreja pertence aos missionári​os do Sagrado Coração, ordem católica fundada pelo padre francês Jules Chevalier, em 1854.
 Numa pequena sala, ao lado da sacristia, estão guardadas as relíquias: os antigos missionári​os do Sagrado Coração acredita​m que elas são provas da comunicaçã​o entre vivos e mortos.

  Nesta Igreja de Roma, um pequeníssimo museu misterioso contém relíquias que seriam um testemunho da comunicaçã​o de almas do purgatório​.

 DETALHE DA FRENTE DA IGREJA DO "SACRO CUORE DEL SUFFRAGIO"
(A maioria das peças que compõem esse pequeno "Museu das Almas" se referem à aparição de padres, freiras e fiéis, ocorridas em ambiente católico: Igrejas, Conventos e Quartos ou Celas de Oração). 
 DETALHE DA FRENTE DA IGREJA DO "SACRO CUORE DEL SUFFRAGIO"

NO DETALHE: Altar da Igreja do Sacro Cuore Del Suffrágio em Roma

Pode parecer estranho, porém não é novidade na história da humanidade. Encontramos uma série de relatos, inclusive feitos por santos canonizados, como o Santo Cura d’Ars, São João Bosco, Santa Catarina de Gênova (que escreveu muito a respeito sendo dela o escrito "O TRATADO DO PURGATÓRIO"), e muitos outros. O mais interessante é que todos esses relatos são muito semelhantes um ao outro.

 “A Igreja acredita que seja possível uma comunicaçã​o entre este mundo e o outro mundo. A Igreja tem convicção de que esta comunicaçã​o existe. A Igreja se sente peregrina, porque vive na terra e possui uma pátria no céu”_...(POR UMA PERMISSÃO ESPECIAL DE DEUS, AS ALMAS DO PURGATÓRIO PODEM APARECER, MAS HÁ PROIBIÇÃO EXPRESSA NA BÍBLIA DE EVOCÁ-LAS).

 Ordem do Sagrado Coração de Jesus, fundada em 1854 pelo Padre Chevalier.

Quem fundou a Igreja do Sagrado Coração do Sufrágio foi o missionári​o francês Vitor Jouet. 

(SIMMA) - A primeira alma veio à sua casa no ano de 1940, das 03 às 04 horas de madrugada. Diz ela: Ouvi alguém andando no meu quarto e acordei. Olhei para ver quem podia ter entrado. Era um estranho, que andava lentamente. Perguntei severo “Como entraste? Que coisa perdeste? Que fazes tu?” Mas como não me respondia, levantei-me de um salto para segurá-lo, e toquei no nada... O homem havia desaparecido. Voltei à cama e de novo comecei a senti-lo. Outra vez me levantei para segurá-lo, mas de novo esbarrei no nada. Perplexa voltei à cama. Ele não voltou, mas não consegui mais dormir. Aliás, minha mãe dizia que desde pequena nunca tive medo de nada. Pela manhã, após a Missa, encontrei-me com o meu Diretor Espiritual. Ele me disse: “Se tudo acontecer de novo, não pergunte quem és, mas pergunte que coisa queres de mim? "

 DETALHE DO PEQUENO MUSEU E SEUS CIMÉLIOS (PEÇAS)

 NO INÍCIO, o Museu das Almas do Purgatório tinha cerca de 200 peças, mas só restaram hoje as que foram aprovadas pelos sucessores do padre Jouet, aquelas consideradas autênticas acima de qualquer dúvida.

Pode-se acreditar na autenticidade do Museu das Almas do Purgatório? O Vaticano não quer dar uma opinião oficial sobre a autenticidade das relíquias, mas as peças que estão no museu impressionaram vários especialistas da Igreja.
....
(SIMMA) - Na noite seguinte, o mesmo homem retornou. Perguntei: “Que coisa queres de mim?” Ele disse: “Manda celebrar três missas por mim e serei libertado.” Então compreendi que era uma alma do purgatório. O meu Diretor Espiritual me confirmou. Aconselhou-me a não rejeitar as almas do purgatório, mas de acolhê-las com generosidade. Por alguns anos continuaram poucas visitas, mas depois vieram mais e mais. Muitas vezes pedem Santas Missas por elas e de assistí-las. Pedem para rezar o Santo Rosário, a Via Sacra ou outras orações em suas intenções.

 Uma das peças mais impressionantes mostra o que seria a mão de uma freira - morta em 1637 - impressa como se fosse a fogo, no hábito, uma espécie de avental, de uma outra freira. Segundo os registros do museu, a irmã Clara Schoelers apareceu no mosteiro beneditino de Winnenberg, na Alemanha, em 1696 -- quase 60 anos depois de sua morte -- e deixou a marca no hábito da freira Margarida Maria Herendorps: “Ela chegou envolvida em luz, e para a irmã não ter dúvida de que não era um sonho, ela deixou impressa no avental que estava pendurado no cabide a marca de sua mão queimada com fogo”.

 Peça que mostra a marca no hábito da freira Margarida Maria Herendorps da mão  impressa como se fosse a fogo da freira irmã Clara Schoelers - morta em 1637 - que apareceu no mosteiro beneditino de Winnenberg, na Alemanha, em 1696 -quase 60 anos depois de sua morte.

Marca da da mão impressa como se fosse a fogo da freira irmã Clara Schoelers - morta em 1637 - que apareceu no mosteiro beneditino de Winnenberg, na Alemanha, em 1696 -quase 60 anos depois de sua morte. 


QUE COISA É O PURGATÓRIO?

(SIMMA) - Conforme contam as almas, é uma invenção genial da parte de Deus. Imagina um dia lhe aparecer um ser extraordinariamente belo. Ficaríeis fascinados e atônitos por esse ser de luz e beleza. Tanto mais que Ele demonstra ser totalmente enamorado de vós. Queima já no vosso coração o fogo do amor que vos faz querer abraçá-lo. Mas eis que vos dais conta que não sois lavados há meses, tendes um mau cheiro, vos sentis horrivelmente feios... Então vós mesmos direis: “Não, não é possível que me apresente neste estado. Preciso primeiro me lavar, tomar um banho e depois tornar a vê-lo. O purgatório é exatamente para isto. Para o pecador ter oportunidade de se purificar antes de abraçar Jesus.

.
Nenhuma alma do purgatório quer voltar para a terra, porque essas já têm um conhecimento de Deus infinitamente superior ao nosso, e não querem mais retornar às trevas deste mundo. Elas mesmas que decidem ir para o purgatório para se purificarem antes de entrar no paraíso.


 Na noite de 21 de junho de 1789, na Bélgica, Giuseppe Leleux foi acordado pela visão da mãe, morta 27 anos antes. A mãe teria deixado uma marca impressa na roupa de dormir do filho e pedido que o rapaz mudasse de vida e se convertesse à Igreja. Depois da aparição, Giuseppe fundou uma congregação católica.




QUAIS OS PECADOS QUE LEVAM AO PURGATÓRIO?

(SIMMA) - São os pecados contra a caridade, contra o amor ao próximo, a dureza de coração, a hostilidade, a calúnia, sexo livre, sim, todas essas coisas. Porém a maledicência e a calúnia são as mais graves, que necessitam de uma longa purificação.
 
E COMO EVITAR O PURGATÓRIO?

(SIMMA) - Ter um coração bom para com todos. A caridade cobre uma multidão de pecados. Devemos fazer muito pelas almas do purgatório, porque elas nos ajudam sempre. É preciso ter muita humildade. É esta a maior arma contra o maligno. A humildade elimina o mal.

Uma história contada por Maria:

(SIMMA) - Conheci um jovem de vinte anos. Habitava um lugarejo vizinho ao meu. Este lugar foi duramente castigado por avalanches que mataram grande numero de pessoas. Uma tarde, quando se encontrava na casa de seus pais, inesperadamente veio um desabamento terrível vizinho à sua casa. Ele ouvindo os gritos desesperados de socorro, se levantou para prestar ajuda àquelas pessoas. A mãe, fechando a porta, disse: 

-“Não! os outros irão socorrê-los, não nós! Não quero que sejas um morto a mais.” Mas o jovem disse: “sim, eu vou! Não quero deixá-los morrer assim!”. Mas eis que ele também, ao sair, foi soterrado e #morreu
.
Dois dias depois ele veio visitar-me durante a noite e me disse: “Manda celebrar três missas por mim e serei libertado. Tive uma vida cheia de pecados, mas pelo grande ato de amor, colocando em risco a minha própria vida, o Senhor me acolheu assim tão depressa com benevolência. Sim, a caridade cobre uma multidão de pecados.” 
.
Neste episódio se vê, como um só ato de amor desinteressado foi suficiente para purificar este jovem de uma vida toda vivida no pecado. O Senhor aproveitou este momento de amor para chamá-lo a si.
 

 A marca que se vê na foto acima faz parte de uma série de aparições do padre Panzini, que foi Abade em Mântova, Itália. Dizem os registros do Museu das Almas do Purgatório que o padre Panzini apareceu em 1731, no Mosteiro de San Francisco, em Todi. Teria sido visto pela madre superiora, a venerável Isabela Fornari: “A marca foi deixada numa pequena mesa de madeira sobre a qual estava colocado um pano, que era na verdade a manga da camisa do hábito”. “Ele deixou impressa em queimadura, pela irradiação da luz de sua mão, onde também apareceram marcas de sangue”.

  MARCAS PRODUZIDAS PELA MÃO DO FALECIDO PADRE PANZINI EM_1731...quando apareceu no Convento das Clarissas de Todi, Úmbria, à Venerável Abadessa do referido Convento, irmã  Claire Isabelle Fornari, alguns minutos antes de deixar o purgatório. 1) Com a sua mão direita deixou as marcas de suas mãos de fogo sobre a manga do hábito e da camisa, bem como sobre a pele do braço da irmã, que foi, também, queimado.


MARCAS DE SANGUE PRODUZIDAS NA MADRE PELA MÃO DO FALECIDO PADRE PANZINI EM 1731.


 2) E sobre uma mesinha de madeira que servia à irmã para preparar imagens do menino Jesus, em cera, o falecido Padre deixou a marca profunda de uma cruz, traçada com o indicador da mão direita e, também, a marca da mão esquerda.


 3)Tb imprimiu a mão esquerda sobre uma folha de papel, guardada entre duas folhas de papel conservada​s entre duas placas de cristal. 


 O confessor deu ordem à Madre Superiora para conserver a mesinha, a mancha no papel, bem como as da túnica e da camisa, depois de terem sido cortadas. Essas peças podem ser vistas, ainda hoje, no Convento de Todi e as suas fotografia​s se encontrara​m no museu mencionado em Roma.


(SIMMA) - A SANTA MISSA é o meio mais eficaz para facilitar a libertação das almas do purgatório, porque aí é o próprio Cristo que se oferece a Deus por amor a nós. Se em vida tivermos rezado e participado das missas com todo coração, e durante a semana tivermos vivido segundo o nosso tempo disponível, essas missas trarão um maior proveito para nós quando morrermos, do que as que forem celebradas depois. 
.
***Uma alma do purgatório vê muito bem o dia do seu funeral, se se reza verdadeiramente por elas, ou se simplesmente faz-se ato de presença para mostrar que está lá. As almas dizem que as lágrimas não servem de nada para ajudá-las. Ao contrário, serve muito a oração.
  
O SOFRIMENTO E O PURGATÓRIO: A primeira vez que uma alma me perguntou se eu queria sofrer por três horas por ela, eu disse para mim mesma: “se é só por três horas, vou aceitar”. Mas aquelas três horas me pareciam que duravam três dias, os sofrimentos eram terríveis. Mas no final olhei para o relógio e vi que haviam passado somente três horas. Esta alma depois me disse que por eu ter aceitado sofrer por três horas, ela havia sido poupada de passar mais vinte anos no purgatório. Mas é possível?

Bem, quando se sofre sobre a terra, e ainda mais voluntariamente, podemos crescer no amor de Deus. Isto não é o caso do sofrimento no purgatório, que serve somente para purificar os pecados. Sobre a terra temos todas as graças, temos a liberdade de escolher.








INDULGÊNCIAS: 

(SIMMA) - As almas dizem que também as Indulgências têm um grande valor, seja para liberta-ção delas, seja para nós. Talvez seja até uma verdadeira crueldade não aproveitarmos esses tesouros que a Igreja nos propõe em favor das almas do purgatório. É pouco sacrifício para muito proveito.




(SIMMA) - As almas do purgatório não podem fazer nada por elas mesmas. São totalmente impotentes, e se os vivos não rezarem por elas, ficarão em completo abandono. 
.
Eis porque é importante utilizar o imenso poder , incrível, que todos nós temos nas mãos para ajudar a libertar as almas que sofrem. Esta é talvez a maneira mais bela de exercitar a caridade.
 
(SIMMA) - REENCARNAÇÃO: As almas dizem que Deus nos dá uma só vida.

EXISTEM PADRES NO PURGATÓRIO? 

(SIMMA) - Sim, são muitos. Estão lá por não terem ajudado aos seus fiéis a terem respeito pela eucaristia. Negligenciaram a oração e a sua fé diminuiu. Porém, é também verdade que muitos mais foram diretamente para o céu.





(SIMMA) - EXISTEM CRIANÇAS NO PURGATÓRIO? Sim, mas para elas o purgatório não é muito longo nem muito penoso, porque a essas falta o pleno discernimento.

PECADOS CONTRA A NATUREZA: 


(SIMMA) - As almas que eu conheci (do purgatório) não se perderam, mas devem sofrer muito para purificar-se. Em todas as perversões está presente a obra do maligno e, de um modo particular, no homossexualismo. Diria para rezarem sobretudo a São Miguel Arcanjo, porque é ele, por excelência, quem combate o maligno.
.



A PRÁTICA DO ESPIRITISMO:

(SIMMA) - Não é boa. É sempre o diabo que faz mover as coisas. Não é lícito chamar as almas. A mim elas vêm por permissão de Deus, eu não as chamo
.
No espiritismo, invocam-se os espíritos, mas é o próprio demônio que vem fingindo ser a alma deste ou daquele outro. Apresenta-se com falsa aparência, sem ser chamado. Uma vez, uma alma veio encontrar-me e me disse: 

- “Não deves acolher a alma que virá depois de mim, porque ela te pedirá muito sofrimento. Tu não tens saúde para aceitar aquilo que ela te pedir.” 

Fiquei perturbada, pois meu Diretor Espiritual me havia dito que devo acolher com generosidade os seus pedidos. Pensei comigo: será que aquele é o demônio? 

Fiz o sinal da cruz e disse àquele homem: “Se tu és o demônio, vai-te!!!” De súbito soltou um forte grito e fugiu. E a alma que veio depois, era verdadeiramente uma alma que precisava muito da minha ajuda, e a atendi.


OS BENS MAL ADQUIRIDOS: 

(SIMMA) - Fiquei mais conhecida, quando as almas começaram a pedir-me para suplicar às suas famílias a fim de que restituíssem um bem adquirido ilicitamente. Os familiares viram que o que eu dizia era verdadeiro. 
.
Muitas vezes as almas vieram encontrar-me para dizer-me: 

- “Vai a minha família, em tal lugar, e diz ao meu filho, ao meu pai, ao meu irmão, para restituir tal propriedade, tal soma de dinheiro, tal objeto, e eu serei libertada do purgatório quando estes bens forem restituídos (porque eu participei do ato ilícito). E assim ficavam maravilhadas por eu conhecer tudo. Fiquei conhecida, porque os jornais publicaram esses acontecimentos.



Como se pode chegar ao ponto de dizer “não” a Deus?

 (SIMMA) - Deus permite ao homem que escolha livremente e concede, quer durante a vida terrena, quer na hora da morte, graças suficientes para se converterem, mesmodepois de uma vida passada nas trevas. Se lhe pedem perdão, com lealdade, certamente se podem salvar.
.
Que pensar das práticas do espiritismo? 
(SIMMA) - Isso não é bom. É sempre o Maligno, é o Diabo que faz mexer as mesas. (p. 50)


Que diferença há entre o seu convívio com as almas dos defuntos e as práticas do espiritismo? 

(SIMMA) - Resposta: Não se deve chamar as almas, eu não procuro a sua vinda. No espiritismo, provocam-nas, invocam-nas. Esta diferença é clara e devemos considerá-la com muita seriedade. Se tivessem que crer somente numa das coisas das que digo, gostaria que fosse o seguinte: 

  - "...as pessoas que praticam o espiritismo pensam que chamam as almas dos defuntos. Na realidade, se alguma reação recebem do seu apelo, é sempre, e sem exceção Satanás e os seus anjos que respondem. É formalmente proibido invocar os mortos. 

- (A seguir há algumas citações bíblicas que omito). 

- É certo que Satanas pode imitar tudo o que vem de Deus, e ele faz. Pode imitar a voz dos defuntos, pode imitar a sua aparência, mas qualquer que seja a sua manifestação, isso vem SEMPRE do Maligno.




.

O Purgatório é em vários sítios, respondeu um dia Maria. “As almas não vêm ‘para fora ‘do Purgatório, mas ‘com o Purgatório “.
.

É importante saber que, as almas do Purgatório nada podem fazer por elas mesmas, são totalmente impotentes. Se os vivos não orarem por elas, ficam abandonadas; por isso é tão importante compreender o poder incrível que está em nossas mãos. (p. 34)



Porquê as almas do Purgatório não podem fazer nada para meritar o Paraíso? Porque com a morte os meritos terminam. Enquanto estamos vivos na Terra podemos não só reparar o mal que fizemos, mas fazer o bem e ter méritos; podemos orar pelos outros, vivos ou defuntos. É uma capacidade que, não só às almas do Purgatório, mas até os anjos, “invejam”, pois temos a possibilidade de crescer; com a morte tudo isso acaba. (p. 35)

Fonte: (Artigos para Refletir) SITE: RAINHA MARIA - As Almas do Purgatório me disseram: Do livro escrito por Maria Simma.
.
-----------------------------------------------------
.
Na nossa época, muitos acreditam na reencarnação. O que dizem as almas?

(SIMMA) - Dizem que Deus só nos dá uma vida e que esta vida é suficiente para conhecer Deus e converter-se. Todos os homens têm uma voz interior, mesmo os não praticantes, não há ninguém que não creia. Cada homem tem a consciência para reconhecer o bem e o mal, uma consciência dada por Deus e um conhecimento interior suficiente para discernir e tornar-se bem-aventurado. (p. 42)
.
O que acontece aos que se suicidam?

(SIMMA) - Até hoje, nunca encontrei o caso de um suicida que se tenha perdido. O que não quer dizer que não exista, é evidente; mas muitas vezes as almas dizem-me que os maiores culpados são os que os cercavam, quando negligenciaram ou caluniaram.

Os suicidas se arrependem? 

 (SIMMA) - Sim, mas muitas vezes o suicidio é devido a uma infermidade. Contudo, à luz de Deus, as almas compreendem, de uma só vez, todas as graças que lhe estavam reservadas para o tempo que ainda lhes restava viver. Vêem este tempo, vêm também todas as almas que poderiam ter ajudado … o que os faz sofrer mais é ver o bem que poderiam ter feito e não o fizeram. Mas o Senhor leva em conta o suicídio consequente de uma enfermidade.

E os drogados? 

(SIMMA) - Eles não se perdem. Depende das causas da droga, mas devem sofrer muito no Purgatório.
.
E as pessoas de outras religiões? 

(SIMMA) - Sim, e são felizes. Aquele que vive bem a sua fé é feliz. Mas é através da fé católica que mais se ganha para o Céu. As seitas são muito ruins. É preciso fazer de tudo para sairem delas.

OUTRA FONTE: AS ALMAS DO PURGATÓRIO SITE PADRE LEO

FONTE - FOTOS MILAGROSAS BRASIL - APARIÇÕES DA VIRGEM

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >