TRADUZIR

segunda-feira, 27 de junho de 2011

PAPA INOCÊNCIO I - FILHO DO PAPA ANASTÁCIO I






O texto mentiroso diz o seguinte:

"402 - Inocêncio I, filho do antigo bispo de Roma Anastácio I, assume o episcopado romano".

Sobre o Papa Inocêncio I: Data de nascimento desconhecida, morreu 12 de Março, 417. Antes da sua elevação à Cátedra de Pedro, muito pouco é conhecido relativo à vida deste enérgico papa, tão zeloso pelo bem-estar de toda a Igreja. Segundo o "Liber Pontificalis"  ele era um nativo de Albano, SEU PAI ERA CHAMADO INNOCENTIUS [e não Anastácio]. Ele cresceu entre o clero romano e ao serviço da Igreja romana. Após a morte de Anastasius (Dec., 401), ele foi escolhido, por unanimidade, Bispo de Roma pelo clero e o povo.










I - A MENTIRA

O texto mentiroso é o seguinte:

"402 - Inocêncio I, filho do antigo bispo de Roma Anastácio I, assume o episcopado romano".



II - ONDE ELA SE ENCONTRA



http://www.onipotente.org/historia/igreja/seculo05.htm




III - A VERDADE:

Papa Sto. Inocêncio I


"Date of birth unknown; died 12 March, 417. Before his elevation to the Chair of Peter, very little is known concerning the life of this energetic pope, so zealous for the welfare of the whole Church. According to the "Liber Pontificalis" he was a native of Albano; his father was called Innocentius. He grew up among the Roman clergy and in the service of the Roman Church. After the death of Anastasius (Dec., 401) he was unanimously chosen Bishop of Rome by the clergy and people".


Data de nascimento desconhecida, morreu 12 de Março, 417. Antes da sua elevação à Cátedra de Pedro, muito pouco é conhecido relativo à vida deste enérgico papa, tão zeloso pelo bem-estar de toda a Igreja. Segundo o "Liber Pontificalis" ele era um nativo de Albano, SEU PAI ERA CHAMADO INNOCENTIUS. Ele cresceu entre o clero romano e ao serviço da Igreja romana. Após a morte de Anastasius (Dec., 401), ele foi escolhido, por unanimidade, Bispo de Roma pelo clero e o povo.

ATENÇÃO!!!!! **** seu pai era chamado Innocentius. ****

Papa Sto. Anastácio I


"A pontiff who is remembered chiefly for his condemnation of Origenism. A Roman by birth, he became pope in 399, and died within a little less than four years. Among his friends were Augustine, and Jerome, and Paulinus. Jerome speaks of him as a man of great holiness who was rich in his poverty. It was during the time of the barbarian invasions". 06/01/09
http://www.newadvent.org/cathen/01454c.htm

Um pontífice, que é lembrado principalmente por sua condenação de Origenismo. Um romano de nascimento, ele se tornou papa em 399, e morreu dentro de pouco menos de quatro anos. Entre seus amigos estavam Agostinho, Jerônimo e Paulino. Jerônimo fala dele como um homem de grande santidade, que foi rico em sua pobreza. Foi durante o tempo das invasões bárbaras.

----------------------------------------------------------------------------

Papa (399-401) e santo da Igreja Cristã Romana nascido em Roma, eleito para ser o papa para suceder São Sírico ou Sirício (384-399), tradicionalmente conhecido por condenar o maniqueísmo, o donatismo e, especialmente o origenismo, tendência teológica cristã iniciada com Orígenes, teólogo de Alexandria, no século III, a qual misturava elementos da gnose, do platonismo e do cristianismo, afirmando, especialmente, uma restauração final de todos os seres, inclusive o demônio e os condenados.

Praticamente o que se sabe deste papa vem do conteúdo das cartas de São Jerônimo. Eleito em 27 de novembro (399), conciliou os cismas entre Roma e a Igreja de Antióquia.

Combateu tenazmente os seguidores de costumes imorais, que estavam convencidos de que também na matéria se escondia a divindade.

Prescreveu que os sacerdotes permanecessem de pé durante o Evangelho. Papa de número 39, morreu em 19 de dezembro, em Roma e foi sucedido por São Inocêncio I (401-417).

Segundo o Martirológio Romano, pouco depois de sua morte Roma foi tomada e saqueada pelos Godos, um povo germânico originário das regiões meridionais da Escandinávia, que se distinguiam por usarem escudos redondos e espadas curtas e obedecerem fielmente a seus reis.


Mais uma mentira que passaria desapercebida

Procuram nos influenciar como se fosse uma espécie de mensagem subliminar.

Lemos rapidamente, não identificamos a mentira e ela vai se alojando na nossa memória.

A grande dificuldade é não encontrar um texto em português que mencionasse alguma informação a respeito do pai de Sto. Inocêncio I, por isso o texto em inglês. O Objetivo da mentira é claramente atingir o Papado.

===================================

03/03/10
Fernando

Bela investigação Vanderley. Eles simplesmente tentavam passar um papa, por filho de outro papa.

Caiu a farsa.


Autor: Wanderlei
Fonte: Mentiras em Sites Religiosos (Suprimido pelo Orkut)
Veja o Índice das Mentiras em GOOGLE+
Acesse também:

.










Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >