terça-feira, 15 de março de 2016

LULA INSULTA OS PODERES LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO

— Foi uma reação torpe e indigna, típica de mentes autocráticas e arrogantes — classificou o ministro, dizendo que a manifestação merece "repulsa".

NÃO HÁ MINISTÉRIO QUE SALVE O LULA DA CADEIA, DIZ MINISTRO


Teori Zavascki homologa delação de ex-líder de Dilma no Senado. Nomeação de Lula, a partir de agora, vira indiscutível obstruçao de justiça e portanto um ato nulo.




HOMOLOGADA DELAÇÃO DE DELCÍDIO. ACABOU PARA LULA E DILMA. NÃO HÁ MINISTÉRIO QUE SALVE
Teori Zavascki homologa delação de ex-líder de Dilma no Senado. Nomeação de Lula, a partir de agora, vira indiscutível obstruçao de justiça e portanto um ato nulo.







Teori Zavascki acaba de desmontar a boataria que corria a seu respeito. Está homologada a delação premiada de Delcídio do Amaral, ex-líder de Dilma no Senado e que acusa a Presidente e Lula, seu antecessor, de serem os chefes do mensalão. Não há mais ministério que salve Lula: diante da delação homologada, sua nomeação seria considerada imediatamente como obstrução de justiça e ato jurídico nulo.
Teori também levantou o sigilo da delação e agora saberemos o quê e quem Delcídio delatou. Será divertido.
Acabou para Lula. Acabou para Dilma. Acabou para o PT.
O fim se aproxima.

 Baixe aqui a Delação 

Teori Zavascki acaba de desmontar a boataria que corria a seu respeito. Está homologada a delação premiada de Delcídio do Amaral, ex-líder de Dilma no Senado e que acusa a Presidente e Lula, seu antecessor, de serem os chefes do mensalão. Não há mais ministério que salve Lula: diante da delação homologada, sua nomeação seria considerada imediatamente como obstrução de justiça e ato jurídico nulo.


Teori também levantou o sigilo da delação e agora saberemos o quê e quem Delcídio delatou. Será divertido.

Acabou para Lula. Acabou para Dilma. Acabou para o PT.

O fim se aproxima.

SUL CONTECTION
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >