sexta-feira, 26 de setembro de 2014

DESTE GRANDE BRASILEIRO PODEMOS E DEVEMOS TER ORGULHO

Perdemos um grande Brasileiro


Não é possível se calar quando morre um homem da qualidade moral, intelectual, espiritual e humana. Quando uma árvore cai é que damos valor à sombra que fazia.
Talvez você não tenha conhecido bem o Dr. Antônio Ermírio de Moraes; um dos homens que mais admirei no Brasil. Faleceu domingo (24/8/2014), aos 86 anos de idade, muito bem vividos, a serviço do próximo. Era um homem muito culto e preparado, rico e feliz, mas era um “pobre de espírito” como pede as Bem-aventuranças de Jesus. Viveu para os outros, soube ter sem ser escravo dos seus bens. Os usava para fazer o bem. Viveu aquilo que ensinava Santo Agostinho: “possua de modo a não ser possuído; que tenha, mas sem reter; seja senhor de suas posses, não seu escravo”.
Conheci Dr. Antônio; um homem puro, honesto, simples, alegre, um verdadeiro patriota que amava o Brasil e acredita nele. Trabalhou a vida toda com muito otimismo, fé, serenidade. Era engenheiro metalúrgico formado nos Estados Unidos: na “Colorado School of Mines”, e começou a trabalhar na Votorantim em 1949, depois criou a Companhia Brasileira de Alumínio em 1955. A Votorantim se espalhou por vinte países produzindo muito e dando emprego a muitos pais e mães de família.
Dr. Antônio marcou a História do Brasil, encarnava o que havia de melhor numa pessoa humana. Foi um desbravador de caminhos e de oportunidades. Acreditava em si, nos outros e no Brasil. Conhecia nosso país e suas potencialidades como ninguém; sempre lamentei que nunca o tivessem convidado para ser ministro de Estado. Era uma referência para a iniciativa privada. Empresário idôneo, não aceitava suborno e nem corrupção. Ocupou a cadeia 23 da Academia Paulista de Letras. Escreveu cinco livros e peças de teatro, sempre focando o bem do Brasil: “Acorda Brasil”, “SOS Brasil”, “Brasil SA.”
Durante décadas ajudou na administração da rede de hospitais da “Beneficência Portuguesa”, garantindo um bom atendimento médico e hospitalar a milhões de pessoas. Quantos não foram ali fazer uma “ponte safena”, e outras cirurgias sérias!
ermirioComo disse o Dr. Mailson da Nóbrega: “É um homem que destoa de sua geração; conseguiu manter e ampliar o grupo que junto com seus irmãos herdou de seu pai”. Enquanto vemos tantos maus exemplos, por parte de muitos homens públicos e da iniciativa privada, Dr. Antônio se destacou como uma verdadeira estrela de bom exemplo aos jovens.
Em seus mais de 50 anos de vida empresarial participou ativamente dos principais problemas do Brasil; sempre estava em uma televisão ou jornal dando uma entrevista cheia de sabedoria. Nunca deixou de defender com coragem suas convicções para o bem do Brasil. Era um apaixonado por nosso país. Podia falar tudo o que queria, pois tinha ficha limpa. Não devia nada  a ninguém; era um homem livre.
Que seu exemplo e sua história nos façam amar mais esse belo país. Que neste tempo de eleições saibamos olhar e imitar o exemplo grandioso desse incrível brasileiro.
Descanse em paz Dr. Antônio, nos resplendores da luz divina, saciado da glória de Deus. Coloquei hoje nas intenções da Santa Missa o descanso eterno de sua bela alma. Ore por nós e pelo Brasil na intimidade de Deus..

Autor: Prof. Felipe Aquino
Fonte: Cléofas
Veja o Índice das Mentiras em GOOGLE+
Acesse também:

.
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    FAZER PEDIDO AQUI

    MAIS OUTRA NOVIDADE!
    Já está em andamento o segundo volume do
    NDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA"

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >