domingo, 7 de setembro de 2014

CASA ROMANA, COM SUA INQUISIÇÃO, PEDOFILIAS, DOGMAS HUMANOS, ETC.

Renata .: - casa romana ,que comete inquisiçao, pedofilia,dogmas humanos extrabiblicos.... NÃO! LIVROS APOCRIFOS DE NADA SERVEM !   SAO CONTRADITORIOS AO CANOM INSPIRADO !



Ah, a inquisição! Sim, todos sabemos que realmente existiu, porém não tão cruel quanto foi a inquisição protestante!

IGREJA ROMANA E A SANTIDADE DE SEUS PADRES E RELIGIOSOS


Trecho da homilia de Dom Javier Echevarría Rodriguez no Sinodo dos Bispos:"O povo de Deus deseja que os bispos e sacerdotes sejam mestres de santidade precisamente por procurarem por ela todos os dias, através da vida sacramental e do seu próprio ministério. Eles devem ser homens que oram com fé, que amam apaixonadamente o sacramento da eucaristia e o sacramento da confissão, e os vivem com piedade sincera para se enriquecerem de graças e ser portadores da boa notícia aos outros sacerdotes e a todos fiéis."
Pedofilia! Sim também, no entanto, em número tão pequeno que em vez de conspurcar a corporação, pelo contrário, por seu número praticamente desprezível, acaba provando o inverso do que querem os protestantes: INDICAM SUA SANTIDADE. 

Agora, falando de seus líderes... Santa Madre de Dio! 64% de sua totalidade não é nada desprezível! Praticamente, entre 3 pastores, dois são portadores de desvios sexuais (adultérios, pedofilias, estupros, pornografias, etc). Não estou inventando, Renata. São os sites dos próprios evangélicos que nos informam. Confirme estes dados procurando na rede: "Igrejas Pedem Socorro" e depois, na página, procure 64%.

VIVOS! - O SITE DA FÉ CRISTÃ


Rio-me também quando vejo "crentes" falando em "cânon Inspirado".... caríssima, isso não existe nas Escrituras. O Cânon dos Livros sagrados foi organizado pela Igreja de Nosso S. Jesus Cristo com a ajuda do Espírito Santo. Trata-se do Cânon que inicialmente os protestantes aceitaram e somente alguns séculos depois é que resolveram obedecer as decisões dos fariseus de uma escola rabínica em Jâmnia, os quais, por terem matado o Filho de Deus, foram alijados de sua vinha  (Mt 21,43)... Eles não tinham mais nenhuma autoridade nem, tampouco, a ajuda do Espírito Santo.

Como já lhe disse, você foi iludida por Satanás e pensa que está na verdade.

Você também disse "dogmas extrabíblicos". Não pode ser! A Bíblia não emite dogmas. 

Mas você sabe o que são dogmas? Definir dogmas é função dos mestres, daqueles que foram enviados para ensinar todos os povos. Nas Escrituras e nas demais revelações encontram-se verdades explícitas e implícitas. No decorrer da história surgiram muitas heresias e dúvidas. À cada uma delas a Igreja, depois de estudar escrupulosamente todos os documentos existentes e a sagrada tradição, iluminada pelo Espírito de Deus, com sua autoridade apostólica, definiu qual é a verdade. 

Você disse que são extra-bíblicos. Vejamos então: 

- Você crê em Deus? Se sim, lembre-se que este é o  primeiro dogma declarado pela Igreja; 

- Acha que há mais de um Deus? A Igreja diz que há um só Deus. São três deuses, Pai, Filho e Espírito Santo? Ela ensina que são três pessoas distintas, mas um só Deus. 

- Você crê que Jesus é Deus? Se sim, você acredita com a Igreja; 

- Quantas naturezas tem Cristo? Se disser que tem duas, você pensa como a Igreja... 

Isto, só para falar um pouco sobre Deus. 

A Igreja é MESTRA, e por isso ela ensina, indicando-nos a verdade.

LIVROS APÓCRIFOS

A Igreja expurgou 112 livros apócrifos, sendo 52 do Velho e 60 do Novo Testamento, dos quais, alguns continham heresias e outros porque não foram considerados inspirados. Todavia muitos deles contêm dados históricos e por isso não se deve dizer deles que "de nada servem". Por exemplo: certo dia vi em um deles escrito que Jesus chamava a José de pai. Seria isso verdade? Fui consultar nos evangelhos e encontrei a seguinte passagem: "Quando eles o viram, ficaram admirados. E sua mãe disse-lhe: Meu filho, que nos fizeste?! Eis que teu pai e eu andávamos à tua procura, cheios de aflição" (Lc 2,48). Se Jesus não tivesse o costume de chamar a José de pai, teria a Virgem dito a ele: "Eis que José e eu...". Também Jesus, que acabara de reafirmar sua filiação divina, nem protestou: "Meu pai? Não! Meu Pai está nos céus".

Bem, a Igreja, por ser o sustentáculo da verdade (I Tm 3,15) tem poder e autoridade para discernir quais livros são inspirados e quais não são. Já os protestantes, onde encontraram autoridade para afirmar, sem qualquer probabilidade de erro, que aqueles deuterocanônicos são "apócrifos"? Serão, porventura infalíveis como é a Igreja? Claro que não. Estão errados, portanto.


Autor: Oswaldo
Fonte: CMR - O Purgatório Existe?
Veja o Índice das Mentiras em GOOGLE+
Acesse também:

.
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >