quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

TERCEIRA "INOVAÇÃO" - A INVOCAÇÃO DA VIRGEM MARIA E DOS SANTOS

Não admito ouvir de alguns ”isso é inveja” afinal, só porque eu não gosto de manga isso não quer dizer que eu quero ser uma! 
Não admito...

CATÓLICO - Então, acha que a invocação da Virgem e dos Santos seja erro do romanismo, seja "inovação"?

EVANGÉLICO - Com toda razão. Di-lo Symour

- Escute. O culto de Jesus é também erro do romanismo, é "inovação"?

- Não brinque! O culto de Cristo é a base fundamental da religião cristã: nasceu com o cristianismo.

- Pois bem. Se o amigo tem mãe e amigos, poderei eu dizer-me seu amigo se lhe desprezar a mãe e os amigos?

- Impossível

- Logo, a inovação da Virgem e dos santos não é inovação, nem erro do "romanismo".

- Que é então?

- Simplesmente uma consequência do culto a Jesus. Se amo a Jesus, devo amar-lhe a mãe e os amigos. Eis o culto a Maria e aos santos.

- Mas os católicos exageram o culto de Maria e dos santos, colocando-os acima de Jesus.

- Não há católico que coloque Maria e os Santos acima de Jesus. E se há, erra; e a Igreja não se responnsabiliza pelos erros de particulares.


- Mas os católicos podem prestar culto a Maria, sem recorrerem a ela, sem dar-lhe o título de Imaculada, e sem chegar ao absurdo de lhe admitir a assunção.

- E tudo isso ainda é pouco. la é, antes de tudo, Mãe de Deus por isso é que é Imaculada e foi levada ao Céu.

- Mas, então, Deus tem mãe? Que absurdo!

- Escute. Maria era Mãe de Jesus?

- Era.

- E Jesus não era Deus?

- Perfeitamente.

- Logo, Maria é mãe de Deus.

- Mas eu não admito isso, nao posso admitir.

- É que o Sr. confunde duas coisas.

- Qual nada, Sr. qual confundir! É tão claro!

- Entretanto, confunde. Provo-o. O Sr. supõe que nós, católicos, admitamos que Maria tenha dado à luz a divindade. Não é?

- Sem isso, não poderia ser Mãe de Deus.

- Maria, segundo os católicos, não criou a divindade. Esta, já existente, quis formar um corpo em Maria.

- Logo, não é Mãe de Deus.

- Se Deus nasceu de Maria, ele é Mãe de Deus. Uma comparação. Que é que faz o homem pensa, que o faz dizer "eu"?

- A alma.

- E o Sr. chama de Mãe à sua projenitora?

- Chamo. Que dúvida!

- Mas, segundo o Sr., não deveria chamar, pois ela não criou a sua alma e a alma é a parte principal do homem...

- Não entendo.

- A alma no homem é criada pelos pais ou vem de Deus?

- Vem de Deus para cada indivíduo.

Teimar, posso; retrucar. não tenho como...
- Logo, o Sr. acha que a sua progenitora é sua mãe só porque lhe deu o corpo. Logo, Maria. que forneceu só o corpo a Jesus, que era Deus, era Mãe de Deus. Deus nasceu por ela...


- São palavras. Eu quero provas Bíblicas.

- Quer Bíblia? Bíblia terá. Mas se com a razão não tem razão, menos com a Bíblia. Esta nunca trouxe sorte aos protestantes.

- Quer dizer que ela também diz que Maria era Mãe de Deus?

- Di-lo. Vê-lo-á sem demora.

Abra a Bíblia. Em Isdaías (7,14) lerá: "Eis que uma Virgem conceberá e dará à luz um Filho e o seu nome será Emanuel"

Que significa Emanuel?

- Deus conosco.

- E este "Deus concosco" nasceu de Maria. Logo Maria é Mãe de Deus, pois nascer é ter por mãe a própria progenitora.

- E o Novo Testamento?

- Aí também, não têm sorte os protestantes. Veja (Lc 1,35): "O santo que nascerá de ti será chamado Filho de Deus".


Logo,: Maria é a Mãe do Filho de Deus - da segunda pessoa de SSma. Trindade, e, portanto, Mãe de Deus. É mais claro que água.



Há mais. No mesmo capítulo de Lucas, vemos que Santa Isabel dizia a Maria:"De onde me vem  a mim a honra de me visitar a mãe do meu Senhor?". Ora, Jesus como homem não era Senhor de Israel. mas sim como Deus. Logo, Maria é a Mãe do Senhor dela, Mãe de Deus.



- Diante da Bíblia não há que retrucar...

- E, sendo ela Mãe de Deus, todas as outras afirmações sobre Maria, por ousadas que pareçam, não passam de consequências lógicas de corolários desta grande verdade e ficam muito aquém do que ele merece.

- Mas não se explica a invocação de Maria e dos Santos.

- Tratemos primeiramente de Maria. Sua invocação é por sua vez uma consequência da maternidade divina.

- Mas - dizem as Escrituras - não há outro mediador entre Deus e os homens.

- É a afirmação católica. Sem Cristo, nós não seríamos salvos, sem ele não teríamos os santos, pois ele é o autor da santidade. Mas isto não obsta à existência de intermediários secundários entre Jesus e os homens

- E as provas?

-  O Sr. mesmo vai dá-las

- Como assim?

- Maria não é a Mãe de Jesus?

- Sim, Sr.

- Logo, Jesus nos veio por intermédio de Maria. E, se nos veio por meio de Maria, o principal, que é Jesus, pode vir também o secundário, que são as graças alcançadas por ele.

Por esse motivo, podemos invocar Maria. E Jesus, como bom filho, não deixará de atender os seus pedidos.

- E que pensa sobre a expressão que diz ser a religião católica como a religi8ão9 de Maria? Que não seja de Cristo?

Não se pode separa a Mãe do Filho
- De forma nenhuma. Religião de Maria significa a religião em que é venerada Maria, e essa só pode ser a de Jesus porque não se pode separar a Mãe do Filho.

Todo religião que quer ser de Cristo deve ser religião de Maria. Logo, o protestantismo está condenado...

- Pelo Sr. pode ser, mas pela Bíblia não.

- Pela Bíblia é que é. E já o provo.

Em Lucas 1,48, lemos que Maria diz: "E chamar-me-ão bem-aventurada todas as gerações". Ora, os protestantes não a cultuam, não a chamam de bem-aventurada. Logo, não pertencem às gerações que cumprem este preceito divino. Para os Srs. ela não passa de uma mulher vulgar. É ou não é?

- Mas isso ainda não inclui a obrigação de invocar Maria.

-Conclui-se facilmente da Bíblia. Maria é "cheia de graça" e a "bendita entre as mulheres" (Lc 1,28). Tem-na feito "grande o que é poderoso" (Lc 1,49).

Se ela é bendito entre as mulheres, se é grande, certamente não é só para admirarmos isso, para sermos coerentes com as nossas crenças. Cristo é grande rezamos a Cristo. Maria é grande e será só para "inglês ver?". Deus não fez nada em vão.

- Mas ela não nos pode socorrer.

- Quem lho disse? Não pode, acaso, pedir ao seu Filho Jesus?

- Neste caso vou direito a ele.

- Acha que o Sr. é de tanto merecimento como Maria? Se Jesus quis vir a nós por meio de Maria, não pode acaso, enviar-nos as suas graças por meio dela? Não terá prazer que isso assim se faça?

- Passe a invocação de Maria. Mas os santos por que se invocam?

- Porque são servos fiéis de Deus. E Jesus prometeu que havia de servi-los: "Ao servo fiel, o Senhor constituirá sobre todos os seus bens" (Mt 24 e Lc 12). E diz diz que eles são encarregados de distribuir os bens do amo. Se Deus quer distribuir os seus dons, por que os protestantes não querem que ele o faça por meio de quem ele quiser?

Será que ele poderão corrigir a Deus?

- Mas nem Maria, nem os santos, ouvem o que nós dizemos.

- Responda: os santos e Maria onde estão?

- Estão em Deus, no céu.

- O Sr. já respsondeu a si mesmo. Estão em Deus... Ora, Deus é a mesma Ciência e eles sabem das nossas necessidades por Deus, no qual estão. Um exemplo: "Os anjos do céu se regozijam com um pecador que faça penitência" disse Cristo. Como sabem eles quando um pecador se converte? Por Deus? É lógico. E depois, a maior parte dos protestantes admite isso.

- Impossível!

- A maior parte dos protestantes conservam intato o símbolo dos apóstolos.

- E a nossa denominação também.

- Pois, meu caro, um dos artigos do símbolo é "Creio na comunhão dos santos". Logo, nós podemos socorrer as almas do Purgatório e sermos socorridos por nossa vez. Há comunhão entre os santos. Dos céus só podemos ser socorridos, daqui socorrer...



- Mas nós não admitimos o purgatório.

- Deixo de saber. Voltaremos oportunamente ao assunto. Quanto a comunicação, pergunto: Não forma a Igreja um corpo místico?

- Forma. Di-lo São Paulo. A cabeça é Cristo (Ef 4,e 5).

A COMUNHÃO DOS SANTOS

- Perfeitamente. E um membro do corpo não pode valer ao outro?

- Pode.

- Logo, na Igreja, todos os que a ela pertencem, nesta ou na outra vida, comunicam-se. Logo, os santos nos pode auxiliar. Nesta comunicação se baseiam também as famosas indulgências.



Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >