sábado, 2 de julho de 2011

MENTINDO SEMPRE?! VOCÊS NÃO TÊM VERGONHA?

A PEDRA (CEFAS DO ARAMAICO) QUE NÃO ERA PEDRA

SEGUNDO OS "PAIS DA IGREJA" DOS 77 QUE OPINARAM SOBRE Mt 16,18 78% DISSERAM QUE "CEFAS" (PEDRA) NÃO ERA "CEFAS"



"... dos inúmeros “pais da Igreja”, somente 77 opinaram a respeito do assunto de Mateus 16.18, sendo que 44 reconheceram ser a fé de Pedro a rocha. 16 deles julgaram ser o próprio Cristo e somente 17 concordaram com a tese vaticana.

Nenhum deles afirmavam a infalibilidade de Pedro e tão pouco o tinham como papa.Ou seja 77,92% dos país da igreja que se pronunciaram sobre Mt 16.18 eram contra a tese vaticana".






I - A MENTIRA

MARLON VITOR






II - ONDE SE ENCONTRA ESTA MENTIRA

1. MINISTÉRIO PALAVRA FIEL


 2. ICP - INSTITUTO CRISTÃO DE PESQUISA

3. CACP - MINISTÉRIO CACP

4. CELEBRANDO DEUS

SEGUEM-SE, NA INTERNET, MAIS ALGUMAS PÁGINAS COM SITES EVANGÉLICOS QUE REPETEM A MESMA MENTIRA.



III - A VERDADE


29/03/11 
OSWALDO


O desmentido é parte do excelente trabalho de nosso irmão EDER SILVA no site denominado APOSTOLADO - DEFESA CATÓLICA. Link no final.


TIRANIAS: A COMUNISTA QUE OPRIME A MASSA;
A PROTESTANTE QUE OPRIME A
PALAVRA DE DEUS
"Dando um pouco de paz à Bíblia, que é violentada pela tirania protestante, o inimigo do papado recorre à tradição a fim de consolidar sua negação do primado:

"Dos inúmeros pais da Igreja, somente 77 opinaram a respeito do assunto de Mateus 16.18, sendo que 44 reconheceram ser a fé de Pedro a rocha. Os outros 16 julgaram ser o próprio Cristo e somente 17 concordaram com a tese vaticana. Nenhum deles afirmou a infalibilidade de Pedro e tampouco o tinham como papa. Exemplo disso é Santo Agostinho que, em uma de suas obras, 13 expressamente afirmam que sempre, salvo uma vez, ele havia explicado as palavras sobre esta pedra — não como se referissem à pessoa de Pedro, mas sim a Cristo, cuja divindade Pedro havia reconhecido e proclamado".

É uma pena que o protestante só nos informe números, sem mencionar os nomes dos 44 que supostamente não reconheceram Pedro como pedra de fundamento da Igreja. Apenas Santo Agostinho é citado. Os demais permaneceram no anonimato.

Da lista protestante, somente 17 teriam se pronunciado a favor da interpretação católica.

Para desmascararmos esse argumento, que não passa de mais uma manipulação de dados históricos, relacionaremos 35 nomes que proclamam em voz alta o primado de São Pedro:

1) Tertuliano

2) S. Ambrósio

3) S. Optato de Milévio

4) S. Hilário

5) S. Zenão de Verona

6) S. Basílio

7) S. Gregório Nisseno

8) Teofilacto,

9) S. Afraates

10) Macário de Magnésia

11) Proclo, bispo de Constantinopla

12) Gaudêncio, bispo de Bréscia

13) Firmiliano de Cesaréia.

14) S. Cirilo de Jerusalém

15) Cassiano Contra Nestorium

16) S. Máximo de Turim

17) Astério de Amaséia

18) S. Cipriano

19) S. Jerônimo

20) Macedônio, patriarca de Constantinopla

21) João VI, patriarca de Constantinopla

22) S. Próspero de Aquitânia

23) S. Gregório de Nazianzeno

24) S. Cirilo de Alexandria

25) S. Crisóstomo

26) Eusébio de Cesaréia

27) S. Agostinho

28) S. Máximo

29) S. Nicéforo

30) S. Leão Magno

31) Orígenes

32) S. Epifânio

33) S. Nilo

34) S. Efrém

35) Vitorino

De 17 para 35 temos uma diferença de 18

 
TESTEMUNHOS astutamente camuflados pela fraude protestante. Isso sem mencionarmos os Concílios de Éfeso, Calcedônia, Nicéia, Lião, Constança e Florença que proclamam unânimes o primado de São Pedro.

Embora alguns Santos Padres tenham desenvolvido outros sentidos para Mateus 16,18, sem negar a interpretação literal, na antiguidade cristã não existe um só testemunho contra o primado de Pedro. E quem nos garante isso é o insuspeito Loisy:

 
“Semelhantes interpretações poderão ter sido propostas pelos antigos comentadores em vista das aplicações morais e relevadas pela exegese protestante com interesse polêmico. Mas se quisermos transformá-las em sentido histórico do Evangelho, não passam de distinções nulas que fazem violência ao texto” (apud Pe. Leonel Franca. Catolicismo e Protestantismo. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Agir. 1952, p. 36).


Tertuliano: "A Igreja foi construída sobre Pedro" (De praescr. haereticorum, XXII.2-4)

S. Cipriano: "Sobre um só foi construída a Igreja: Pedro" (De Unitadis Ecclesiae 4.5)

Santo Ambrósio: "Onde há Pedro, aí há a Igreja de Jesus Cristo".( Enarr. in Ps. XL, n. 30. Apud VATICANO)




29/03/11
Profeta

OSVALDO, Já que antes de Cristo também não tinha relação de papas e tá livre as inscrições, tá na hora de incremendar uns nomes aliatóriamente e dizer que eram papas da tua igreja.

Vai nessa irmão!!

Daqui a pouco até Abraão vai encabeçar a lista!



29/03/11

vanderley





Divertido ver o choro dos hereges.

Quer um lenço, profeta ??











29/03/11
José Miky

"Já que antes de Cristo também não tinha relação de papas e tá livre as inscrições, tá na hora de incremendar uns nomes aliatóriamente e dizer que eram papas da tua igreja".
_______________

Quem tem Igreja é Nosso Senhor Jesus Cristo. Alguns protestas têm arremedos de igreja.







29/03/11
Totus Tuus,

Divertido ver o choro dos hereges.

Quer um lenço, profeta ?? -2





29/03/11
Victor

^^^^

Ver o Macedinho ter sua boca limpada com um maçarico industrial: não tem preço.




30/03/11
OSWALDO

Profeta - "Já que antes de Cristo também não tinha relação de papas e tá livre as inscrições, tá na hora de incremendar uns nomes aliatóriamente e dizer que eram papas da tua igreja. Vai nessa irmão!!"
_______________


Falar aleatoriamente é facinho, facinho!!!!!! Só nós, os católicos, podemos apresentar documentos probatórios; quanto aos protestantes resta-lhes apenas MENTIR DESCARADAMENTE como já foi demonstrado neste tópico.


Mentindo?! Você não tem
vergonha?
É dureza para quem acredita na ilusão protestante ter que ENGOLIR À SECO que realmente são MENTIROSOS demonstrando que efetivamente são filhos da mentira.

Ah!!!! Não pense que não vou colocar um documentinho que prova que VOCÊ TAMBÉM É MENTIROSO por sugerir que a lista dos papas é inventada. Lá vai:

"... Com esta comunidade, de fato, dada à SUA AUTORIDADE SUPERIOR, é necessário QUE ESTEJA DE ACORDO toda comunidade, isto é, OS FIÉIS DO MUNDO INTEIRO; nela sempre foi conservada a tradição dos apóstolos. (...) [Pedro e Paulo] confiaram a Lino o ministério do episcopado. [...] A Lino sucedeu Anacleto. A seguir, Clemente; Clemente vira os apóstolos, conversara com eles e ainda tinha ouvido sua pregação. [...] A Clemente sucedeu Evaristo, e a Evaristo, [sucedeu] Alexandre. Depois, em sexto lugar após os apóstolos, veio Xisto... " (Ireneu de Lião, 180 d.C., Contra as Heresias III,3,2-3).

Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    FAZER PEDIDO AQUI

    MAIS OUTRA NOVIDADE!
    Já está em andamento o segundo volume do
    NDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA"

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >