quarta-feira, 12 de setembro de 2012

UÉÉÉÉÉ! E NÃO É A PARTIR DA BÍBLIA?!!!!

O CRISTIANISMO É UMA RELIGIÃO CONSTRUÍDA AO REDOR DE UM LIVRO: A BÍBLIA ???‏

Escuto e leio tantos não católicos criticando a Igreja Católica sobre imagens, culto a Maria, Santos , Anjos, Papa, etc.

Afirmam que a Igreja Católica é fruto do Paganismo e que a Religião Pura segue só a Bíblia. 

Esquecem que não há religião neste mundo que não tenha sido influenciada por outra, ou que tenham histórias parecidas.




Estranho, porém verdadeiro como sabemos, que os Protestantes continuam insistindo em assumir que o Cristianismo é baseado na Bíblia, referindo-se ao Novo Testamento, apesar das evidências contrárias.



Enviada por Nicélia Pinheiro


Usando decote, Scheila Carvalho diz que segue
a Bíblia para superar traição de Tony Salles.
Ela voltou a participar de evento ao lado de
Sheila Mello

"Cristianismo é uma religião construída ao redor de um livro – a Bíblia”. 

Sendo assim, diga-nos por obséquio Sr. Protestante, de onde surgiu que no primeiro século que era esta a posição assumida pelo Cristianismo? Certamente esta afirmação não surgiu de uma Bíblia cristã, pois nenhum livro desta natureza existiu durante os dias em que São Pedro trouxe 3000 judeus para Cristo.

Se o “Cristianismo é uma religião construída ao redor de um livro – a Bíblia”, qual era a religião “construída ao redor” dos romanos, coríntios, gálatas e tessalônicos, a qual São Paulo endereçou suas epístolas, e as quais não tomaram parte numa Bíblia a não ser três séculos após serem escritas? Não está o Sr. Protestante a par do fato que onze dos Apóstolos partiram para a recompensa eterna 35 ou pouco mais anos antes que São João escrevesse o último livro que consta da Bíblia? 

O Cristianismo surgiu para a humanidade a partir de Cristo e através de Sua Igreja. A Igreja que Cristo ordenou ser ouvida; a Igreja que se iniciou no primeiro século e não no XVI, XVII, XVIII ou XIX séculos, quando as igrejas feitas pelo homem começaram a surgir como uma forma de protestar contra esta Igreja (de Cristo) – a Igreja Católica.

“Examinais as Escrituras”, observou Nosso Senhor aos fariseus, os quais faziam uma leitura rigorosa delas e falharam em reconhecer ali o Cristo, que se encontrava em sua frente. 

O mesmo pode ser dito sobre você, Sr. Protestante, e sobre as outras denominações protestantes; vocês procuram nas Escrituras e até então não veem Cristo na pessoa da Igreja (Atos 9,4) constituída de padres com autoridade para ensinar, orar, definir e governar as questões relativas a fé e moral, cuja existência da autoridade é indissociável e intrínseca a partir do primeiro Pentecostes (o qual ocorreu unicamente na Igreja Católica) e assim será até o fim dos tempos. 

A ausência de um conhecimento histórico elementar pode ser a causa da falta de compreensão de que a Igreja veio primeiro e depois surgiu a Bíblia, como um produto desta Igreja. 

A História registra o fato de que não há um consenso entre os povos cristãos, quanto à inspiração para os escritos religiosos utilizados pelas igrejas, até a seleção estabelecida pelos bispos católicos no Concílio de Laodicea (367 D.C.), que consolidou finalmente o Cânon da Sagrada Escritura, confirmado pelo Papa e adotado após esta confirmação na Igreja Católica de Cartago (397 D.C). Este fato ocorreu 1150 anos antes da rebelião protestante e 1347 anos antes que surgisse a dissidência Metodista. 

A Igreja Católica estabeleceu e nomeou os escritos de inspiração religiosa como sendo "A Bíblia". É apenas através da declaração de infabilidade da Igreja Católica que o homem tem uma garantia acima de todas para crer que são escritos inspirados os constantes na Bíblia; portanto, a Bíblia é "A Palavra de Deus". 

O Cristianismo é uma religião construída ao redor de uma Igreja instituída por Cristo. 

A Bíblia evidencia o fato que esta Igreja é a "Igreja Católica." 


Esta Igreja, peregrina na terra, é necessária à salvação. De fato, só Cristo é mediador e caminho de salvação. Ora, Ele torna-Se-nos presente no seu Corpo, que é a Igreja. Ao afirmar-nos expressamente a necessidade da fé e do Batismo, Cristo confirma-nos, ao mesmo tempo, a necessidade da própria Igreja, na qual os homens entram pela porta do Batismo. É por isso que não se podem salvar aqueles que, não ignorando que Deus, por Jesus Cristo, fundou a Igreja Católica como necessária, se recusam a entrar nela ou a nela perseverar.” (Catecismo da Igreja Católica, n. 846)

Autor: Enviada por Nicélia Pinheiro
Fonte Cristianismo: a Religião do Livro
Veja o Índice das Mentiras em GOOGLE+
Acesse também:


Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >