TRADUZIR

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

RESPOSTA AO Pr SÉRGIO RICARDO


Fivela de cinto nazista com a frase: “GOTT MIT UNS” (“Deus conosco”). Este apetrecho não era distribuído aos nazistas pela Igreja Católica, como caluniava o pastor, mas, pelo bispo luterano, protestante, evangélico e nazista Ludwig Muller (bispo do Reich).






Índice das Mentiras
27/10/2009
Autor
da Denúncia de MENTIRA:
Fernando Nascimernto



PROTESTANTE DA IGREJA EVANGÉLICA "TABERNÁCULO DA FÉ"



Este caluniava sobre fotos que desconhece completamente, no endereço:

http://www.avozdedeus.org.br/igreja/index.php?option=com_content&task=view&id=119&Itemid=82

Eta!!!!! O autor já apagou tudo. Não existe mais este artigo no site indicado mas fica aqui registrada sua mentira!!! Mas não há problema. Encontramos a fonte donde o pastor foi apanhar estas mentiras:

http://www.remnantofgod.org/ppc/NaziRCC.htm

A seguir o refutamos:





Fivela de cinto nazista com a frase: “GOTT MIT UNS” (“Deus conosco”). Este apetrecho não era distribuído aos nazistas pela Igreja Católica, como caluniava o pastor, mas, pelo bispo luterano, protestante, evangélico e nazista Ludwig Muller (bispo do Reich). Veja-o abaixo:.





O bispo luterano, protestante, evangélico Ludwig Muller (bispo do Reich), em encontro nazista: apoio incondicional a Hitler!

WIKIPÉDIA - LUDWIG




Hitler “orando”, como todo protestante, evangélico faz, sem juntar as mãos ou ajoelhar-se. Hitler tinha sua própria igreja protestante, evangélica “Igreja Nacional do Reich”, comandada pelo protestante, evangélico e nazista Ludwig Muller (bispo do Reich). Conheça essa igreja em:

WIKIPÉDIA - IGREJA NACIONAL DO REICH


e em:

PIO XII CALUNIADO





Este era o sonho de Hitler:

"Eu insisto na certeza de que, mais cedo ou mais tarde — uma vez que nós assumirmos o poder — o Cristianismo será superado e a igreja alemã estará sem um Papa e sem a Bíblia. E LUTERO, se ele pudesse estar conosco, NOS DARIA A SUA BÊNÇÃO." (Adolf Hitler, por N.H. Baynes, Hitler's Speeches, Oxford, 1942, página 369).

===============

Sacerdotes católicos, fazendo a “saudação alemã” aos jovens em um encontro da juventude católica no estádio de Berlin-Neukolln, em agosto de 1933. Este gesto, ao contrário do que se propala, não é uma "saudação nazista" a Hitler, mas, alemã: “Deutscher Gruß”, (literalmente: “O cumprimento alemão”).




Hitler também o fazia às pessoas comuns e aos soldados.

Pura má fé, de quem calunia sobre esta foto, que é do período em que a Alemanha era proibida de produzir armas.






A Enciclopédia Brockhaus, registra que a saudação alemã, deriva dos gestos usados durante a coroação de reis alemães medievais juntamente com a exclamação de “Heil”. A gravura acima, é um retrato do expositor (1852), que retrata uma reconstrução da cerimônia de posse de um rei alemão que viveu muito antes de Hitler.




Hitler saindo de uma Igreja luterana, protestante, Evangélica. A igreja é a Christus und Garnisonkirche der evangelisch-lutherische Kirchengemeinde in Wilhelmshaven. (confira no link abaixo, o copiando e colando no navegador:

WIKIPÉDIA - CHRISTUS UND GARNISONKIRCHE



Ao final do texto do link acima, você encontra esta citação: “am ?.?.1933 Besuch von Hitler in Stadt und Kirche”, tradução: “Visita de Hitler à cidade e a Igreja em 1933”, O site da Igreja é

CHRISTUS NEWS



Hitler cumprimenta o bispo luterano, protestante, evangélico e nazista Ludwig Muller (bispo do Reich).

O que está a direita de Muller é Abbot Alban Schachleitner, um simpatizante do nazismo, então expulso da Igreja Católica. Schachleitner colocou-se em conflito com todo o episcopado, em 20 de fevereiro de 1933, foi suspenso pela Congregação Católica Romana competente nos assuntos "por desobediência grave e persistente ". Faleceu em 1937, dois anos antes da segunda grande guerra.

(Fonte: Cf. Official Journal of the Archdiocese of Munich and Freising, 1933, 48 and 86 f. Quotation from Helmut Witetschek, Die kirchliche Lage in Bayern, Mainz 1966, 1 Nota 1.)


Ao contrário do que calunia o pastor em seu site, este não é “O cardeal Michael Faulhaber marchando com tropas da SS em uma manifestação em Munique”, e sim e apenas, a passagem do Arcebispo Cesare Orsenigo, chefe do Corpo Diplomático, em Nuremberg, em Setembro de 1933, quando a Alemanha era desarmada. O Vaticano é um país, e este Arcebispo representava-o, como todos os outros chefes de corpo Diplomático de outros paises representavam e representam seus países, na Alemanha e no mundo inteiro.


O sofrimento dos Judeus começou quando Lutero escreveu um diabólico panfleto chamado: “CONTRA OS JUDEUS E SUAS MENTIRAS”, obra esta, reproduzida na ’História do Anti-semitismo’, de Leon Poliakov. Dizia o raivoso protestante e evangélico Lutero, contra os judeus: ”Queime suas sinagogas. Negue a eles o que disse anteriormente. Force-os a trabalhar e trate-os com toda sorte de severidade ... são inúteis, devemos tratá-los como cachorros loucos, para não sermos parceiros em suas blasfêmias e vícios, e para que não recebamos a ira de Deus sobre nós. Eu estou fazendo a minha parte.” ('About the Jews and Their Lies,' citado em O'Hare, in 'The Facts About Luther, TAN Books, 1987, p. 290).

"Julius Streicher (nazista), argumentou durante sua defesa no julgamento de Nuremberg que nunca havia dito nada sobre os judeus que Martinho Lutero não tivesse dito 400 anos antes”. (Dennis Prager e Joseph Telushkin: Why the Jews? The reason for anti-Semitism [Por que os Judeus: A causa do anti-semitismo] (Nova York: Simon & Shuster, 1983), p. 107.) .


Célebre frase do pastor protestante, evangélico Friedrich Wieneke : “A paz só virá quando o último judeu se enforcar no último intestino do último vigário". Fonte: Report from Wieneke, “attacks on Pastors”, dated 9,1941 – (BA Koblens R 43 11/478ª, fiche 1, document 19).

verificar página 101.


Em 2006, o Papa Bento XVI não foi se “redimir” de coisa alguma, como mente o pastor protestante, evangélico, mas, se solidarizar com o sofrimento do povo judeu, tão perseguido por Lutero, protestante, evangélico e pelos nazistas. Como bem noticiou os meios de comunicação, os judeus retribuiram a visita ao Papa, para calar de vez os aleivosos: "Bento XVI recebeu nesta quarta-feira um grupo de judeus sobreviventes do holocausto, em um encontro organizado pela Fundação Pave The Way (PTWF)".

«Os judeus sobreviventes agradeceram pela oportunidade de saudar o Papa em alemão e italiano e de agradecer-lhe pela intervenção da Igreja Católica para salvar suas vidas durante a II Guerra Mundial», explicou à Zenit Gary L. Krupp, presidente da fundação".

ZENITE - PORTUGUESE
A PLACA ACIMA FOI DOADA NO ANO DE 1946,
PELOS JUDEUS, AO PAPA PIO XII


Tradução:

“Os judeus para a Sua Santidade Pio XII

O Congresso dos Delegados das comunidades israelitas italianas, realizado em Roma, pela primeira vez após a Libertação, é obrigado a pagar tributo a Sua Santidade, e, para manifestar o mais profundo sentimento de gratidão de todos os judeus, por mostrar a Fraternidade humana da Igreja durante os anos de perseguição e quando suas vidas foram postas em perigo pelas atrocidades nazi-fascistas. Muitas vezes, sacerdotes suportaram prisões e campos de concentração e até mesmo sacrificaram as suas vidas para ajudar os judeus. Essa prova que o sentimento de bondade e caridade que ainda conduz o justo tem servido para diminuir a vergonha das indignidades suportadas, o suplício sofrido das perdas de milhões de seres humanos. Israel ainda não terminou o sofrimento: Os judeus sempre lembrarão o que a Igreja, sob ordens do papa, fez por eles naquele momento terrível ". Moção aprovada pelo Terceiro Congresso da Comunidade Israelita Italiana realizado em março de 1946".

*****


Encerro esta refutação, com as mesmas palavras que o pastor Sérgio Ricardo, protestante, evangélico, começou sua mentira em seu site: "Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso”.

..Sábio conselho é o de Jesus, aos propaladores de mentiras, como é o pastor Sérgio Ricardo:

“Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira”. (Jo 8,44).

Fernando Nascimento.

O artigo do mentiroso pastor, que estava exposto na internet para todo mundo ver, sem senha, depois de desmascarado, foi substituído pela mensagem:

"Você não tem permissão para acessar esta área do site. É necessário efetuar a sua autenticação para entrar. Se já tinha efetuado a autenticação a sua sessão terá terminado. Volte à Página Inicial e efetue de novo a autenticação."

Cai a farsa...

===================

Índice das Mentiras

10 comentários:

Antonio disse...

"E a ninguem na terra chameis vosso pai (espiritual) porque UM SO e o vosso Pai, o qual esta NOS CEUS." - mT.23:9
padre = pater = pai
papa = pai dos pais = Deus????

Antonio disse...

Fui enganado pelo catolicismo durante muitos anos. Uma das enganacoes, que persiste ate hoje, e a tradicional malhacao de judas (ali esta representado o povo judeu). Na morte de Jesus estava envolvida toda a humanidade (judeus, na figura de Judas e gentios, representado por Poncio Pilatos). Como disse o Senhor Jesus, jogue a primeira pedra aquele que e infalivel. Com a palavra o moco la do vaticano.

José Yoshiriro Ajisaka Ramos disse...

É impressionante como os protestantes não conseguem manter um debate sem mudar de assunto quando não têm mais argumentos... Isso é confissão de "ok, você venceu" pra mim.

Quanto a esse versículo, leve em conta o contexto e não o versículo "solto". Não sei se sabes mas há Igrejas protestantes que chamam seus sacerdotes de padres.
Veja em
http://www.publico.pt/Sociedade/padre-protestante-acusa-harry-potter-de-feiticaria_196441
e
http://revisionismoemlinha.blogspot.com/2010_10_01_archive.html
e
http://reocities.com/Athens/pantheon/2111/igreja.htm
e
http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2008/04/07/papa_bento_16_homenageia_martires_modernos-426723799.asp?nome=&email=&ddd=&tel=&txtTexto=

Isso achei um uma rápida pesquisa no Google.

A, e 'papa' não que dizer "pai dos pais" e sim algo como "papai", ou seja, uma maneira carinhosa de falar "pai." (fonte: http://artfl.uchicago.edu/cgi-bin/philologic/getobject.pl?c.51:9:99.lsj)

Antonio disse...

Prezado Samurai Yoshiriro, entre os crimes da c.c. esta o de dar vida ao frankstein conhecido como islamismo. Embora o artigo abaixo apenas cite o fato de passagem, a historia e tenebrosa. Como vc pretende ser/estar muito bem informado, ja deve conhece-la por inteiro e nao vale a pena eu me alongar sobre o tema

(http://www.midiasemmascara.org/artigos/internacional/estados-unidos/12404-dez-anos-depois.html

O Mal se levantou naquela data. A serpente islâmica se moveu. Não sou daqueles que separam os “bons” muçulmanos dos “maus”: vejo aí apenas a face duplicada da mesma entidade. Um gera o outro. O islamismo nasceu como seita cristã herética e assim permanece, dando voz ao Negador. E meios letais. O esmagamento da cabeça da serpente representado pela morte oportuna de Osama Bin Laden é também motivo para celebração.

José Yoshiriro Ajisaka Ramos disse...

Ai meu Deus... e insiste em mudar de assunto ante a falta de argumentos... assim ninguém consegue debater civilizadamente... Afirmar que a a Igreja é responsável pelo nascimento do Islã foi dose pra matar Leão rsrsrs. Segundo seu raciocínio, então as Igrejas protestantes são responsáveis pelo nascimento das "Igrejas das Lésbicas" ou "dos Gays"... ou tudo isso também é "culpa" do catolicismo?
Em tempo: você não refutou nada do artigo dessa página nem o que escrevi na primeira resposta. Apenas iniciou novos debates.

Rafael Batista (Denúncias) disse...

E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus. OU SEJA papa é blasfemo !!!!!!!!!!

OSWALDO disse...

Rafael Batista (Denúncias) disse...
E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus. OU SEJA papa é blasfemo !!!!!!!!!!

E como você explica o fato de Jesus chamar a José de pai? (Lc 2,48). Rio-me das bolas fora dos que pensam entender as Escrituras!

Rafael Batista (Denúncias) disse...

Querido você que é um carnudo, quem não intende as escrituras é você, ENTÃO É CRISTO QUE É O ESTÚPIDO OU É VOCÊ, ELE ESTAVA FALANDO DE COISAS ESPIRITUAIS COMO ELE SEMPRE FALOU , ENTÃO PAIS DE SANTO SÃO APROVADOS POR DEUS???, ENTÃO O CRISTO MEU SENHOR E SALVADOR FALAVA COISAS SEM SENTIDO ALGUM???, olha que argumento idiota e mentiroso; E como você explica o fato de Jesus chamar a José de pai? (Lc 2,48)???????. ; Seu cara de pau!!!< você não se deu nem ao trabalho de ler o versículo que você CARA DE PAU usou para dizer que, eu dei bola fora????!!!!; Então vamos ver quem deu bola fora(((((((E quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos.
Lucas 2:48))))))) ISSO QUE É FATO, SERÁ QUE VOCÊ AO MENOS SABE LER??DESCULPE SOU EU QUE NÃO ENTENDO QUE VCS INTERPRETAM QUE O QUE (((((((((MARIA FALOU, FOI JESUS QUE FALOU NÉ))))))))))))KKKKK, JÁ QUE VOCÊ NÃO SE DA AO TRABALHO DE EXAMINAR AS ESCRITURAS COM O MESTRE, SENHOR E CRISTO RECOMENDOU, VOU POSTAR AQUI MESMO QUEM CRISTO CHAMOU DE(PAI);E quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos.
E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?
Lucas 2:48-49 EM TÃO CASADOR DE MENTIRAS DE ARAQUE , PASSA UMA TARJA PRETA NESTA PASSAGEM GLORIOSA Mateus 23 9, QUE PRA VOCÊ, UM FILHO DE UM "pAI" ESPIRITUAL TERRESTRE NÃO TEM SENTIDO ALGUM, MAS PRA MIM, ESSA PASSAGEM SÓ FAZ SEPARAÇÃO DE QUEM SERVE E QUEM NÃO SERVE, ESTOU FALANDO POR MIM NÃO POR DENOMINAÇÕES LIXO QUE TEM POR AÍ COM A SUA !!! ESPERO SUA RESPOSTA ANSIOSO, SÓ UM DISCÍPULO DO BERÇO DO ANTE-CRISTO MESMO, PARA FALAR UMA MENTIRA DESCARDA E SE ACHAR CAÇADOR DA MESMA, TENHO MAIS A TE DIZER, TU PODE ATÉ CAÇAR A MENTIRA, MAS TU NÃO A MATA, MAIS AS CRIA E ALIMENTA MUITO BEM!!!!! VOU FAZER UM DESENHO TEU IGUAL O QUE TU FEZ DE LUTERO .

Rafael Batista (Denúncias) disse...

O termo Inquisição refere-se a várias instituições dedicadas à supressão da heresia no seio da Igreja Católica. A Inquisição foi criada inicialmente para combater o sincretismo entre alguns grupos religiosos, que praticavam a adoração de plantas e animais e utilizavam mancias.[1] A Inquisição medieval, da qual derivam todas as demais, foi fundada em 1184 no Languedoc (sul da França) para combater a heresia dos cátaros ou albigenses. Em 1249, implantou-se também no reino de Aragão, como a primeira Inquisição estatal e, já na Idade Moderna, com a união de Aragão e Castela, transformou-se na Inquisição espanhola (1478 - 1834), sob controle direto da monarquia hispânica, estendendo posteriormente sua atuação à América. A Inquisição portuguesa foi criada em 1536 e existiu até 1821). A Inquisição romana ou "Congregação da Sacra, Romana e Universal Inquisição do Santo Ofício" existiu entre 1542 e 1965.

O condenado era muitas vezes responsabilizado por uma "crise da fé", pestes, terremotos, doenças e miséria social,[2] sendo entregue às autoridades do Estado, para que fosse punido. As penas variavam desde confisco de bens e perda de liberdade, até a pena de morte, muitas vezes na fogueira, método que se tornou famoso, embora existissem outras formas de aplicar a pena.

Os tribunais da Inquisição não eram permanentes, sendo instalados quando surgia algum caso de heresia e eram depois desfeitos. Posteriormente tribunais religiosos e outros métodos judiciários de combate à heresia seriam utilizados pelas igrejas protestantes[3] (como por exemplo, na Alemanha e Inglaterra[4]). Embora nos países de maioria protestante também tenha havido perseguições - neste caso contra católicos, contra reformadores radicais, como os anabatistas, e contra supostos praticantes de bruxaria, os tribunais se constituíam no marco do poder real ou local, geralmente ad-hoc, e não como uma instituição específica.

O delator que apontava o "herege" para a comunidade, muitas vezes garantia sua fé e status perante a sociedade.[5] A caça às bruxas não foi perpetrada pela Inquisição, mas sim por Estados e tribunais civis independentes, sem reais ligações com a Inquisição[1]".

Ao contrário do que é comum pensar, o tribunal do Santo Ofício era uma entidade jurídica e não tinha forma de executar as penas. O resultado da inquisição feita a um réu era entregue ao poder secular.

A instalação desses tribunais era muito comum na Europa a pedido dos poderes régios, pois queriam evitar condenações por mão popular. Diz Oliveira Marques em História de Portugal, tomo I, página 393: «(…) A Inquisição surge como uma instituição muito complexa, com objetivos ideológicos, econômicos e sociais, consciente e inconscientemente expressos. A sua atividade, rigor e coerência variavam consoante a época.»

No século XIX, os tribunais da Inquisição foram suprimidos pelos estados europeus, mas foram mantidos pelo Estado Pontifício. Em 1908, sob o Papa Pio X, a instituição foi renomeada "Sacra Congregação do Santo Ofício". Em 1965, por ocasião do Concílio Vaticano II, durante o pontificado de Paulo VI e em clima de grandes transformações na Igreja após o papado de João XXIII, assumiu seu nome atual - "Congregação para a doutrina da Fé".

Apologetas Católicos disse...

Segund o protestante Antonio "O islamismo nasceu como seita cristã herética" Ué, entao o islamismo é protestante? kkkkk

Compartilhar

 
  •  

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >