terça-feira, 26 de abril de 2016

PERDA TOTAL - PETROBRAS



Seria escandaloso, se essa informação fosse dada sobre outra empresa em outro país. Mas infelizmente não passa da banalização da corrupção que vem assolando o nosso querido país. Algo que deveria ser hediondo e desprezível, mas que lamentavelmente passou a ser algo normal de se ouvir e falar. Corrupção, corrupção e mais corrupção. Esse é o reflexo da máquina estatal, sobremaneira na maior empresa brasileira, a Petrobras, que vem sendo destruída por corruptos que tomaram conta da empresa.


A informação sobre o prejuízo de R$ 6,2 bilhões, que foram desviados, ou seja, subtraídos pela corrupção na estatal saiu direto da própria Petrobras, através de sua diretoria. Foram divulgados os resultados líquidos de 2014 e o saldo acabou negativo em cerca de R$ 21,6 bilhões.


Ao apresentar o balanço auditado do ano passado, que já foi entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o gerente executivo de Desempenho Empresarial da Petrobras, Mario Jorge da Silva, disse que os ajustes de ativos foram de R$ 50,8 bilhões, somando os R$ 6,2 bilhões referentes a gastos adicionais capitalizados indevidamente e R$ 44,6 bilhões do provisionamento decorrente da desvalorização de ativos, o chamado Impairment.
Usando metodologia baseada no conteúdo da investigações do Ministério Público Federal, os valores referentes à Lava Jato referem-se a 3% do valor de contratos com 27 empresas membros do cartel entre 2004 e 2012. Entre as diretorias, a de Abastecimento foi responsável pelo desvio de R$ 3,4 bilhões, a de Exploração e Produção, por R$ 2 bilhões, e a de Gás e Energia, por R$ 700 milhões.
E assim segue, nossa, outrora, gloriosa empresa, numa sangria que parece não ter fim.
Com informações de Congresso em Foco.

Fonte: REVOLTA BRASIL
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    FAZER PEDIDO AQUI

    MAIS OUTRA NOVIDADE!
    Já está em andamento o segundo volume do
    NDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA"

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >