segunda-feira, 27 de junho de 2016

Como entender Romanos 3,23?


23. com efeito, todos pecaram e todos estão privados da glória de Deus. (Romanos 3,23)

Esse assunto é comovente ao ouvir deturpações da parte de nossos irmãos protestantes e não só, dizendo baseando-se nesta citação de que todos homens pecaram. Pois bem, isso não é motivo de muito problema para quem entende de exegese bíblica, porque de acordo com essa citação de São Paulo, ele não quer dar entender que todos estão em pecado, ou que todos homens são pecadores, porque se assim não fosse, Nosso Senhor Jesus Cristo também seria considerado um pecador.

O que faz confundir a mente dos hereges protestantes na verdade é o termo “todos”, eles não sabem que a bíblia nasceu no seio de um povo, e que ao falar de todos pode meramente se referir a aquele povo que na qual nasce a própria bíblia, por exemplo os livros de Tessalonicenses, é uma carta a comunidade Tessalónica, e o livro de Apocalipse por exemplo, sabemos que foi escrito com exclusivo objetivo de confortar a igreja perseguida. Um exemplo bem claro que podemos observar sobre o mesmo assunto é o mesmo livro de Romanos onde diz: Por isso, como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim a morte passou a todo o gênero humano, porque todos pecaram... (Rm 5,12)

De acordo com a mesma carta aos Romanos, vimos que São Paulo nos diz que pelo pecado veio a morte que passou a todo género humano. Aí vem a questão, como assim, se Elias, Enoque não morreram? (Bem-sira 44,16;Gn 5,24;2Reis 2,11. No entanto, é aqui onde devemos analisar correctamente a expressão “todos”, ou todos pecaram, porque assim, nós professamos infalivelmente que Nossa Senhora, foi sempre imaculada, ou seja, todo percurso de sua vida jamais cometeu uma falta sequer, assim como o seu filho que fazia parte dos homens não cometeu pecado, também sua mãe procedera assim, porque um Deus todo poderoso, grande puro, jamais se encarnaria num lugar impuro, porque o próprio céu é um lugar puro e nada de impuro entra lá.
A expressão todos, não podemos interpretar como todo mundo literalmente, primeiro devemos entender o contexto se refere a todo mundo mesmo, ou simplesmente a um povo, o livro do Apocalipse nos dá mais uma alusão de que nem sempre todos na bíblia se refere a todo mundo.

7. Foi-lhe dado, também, fazer guerra aos santos e vencê-los. Recebeu autoridade sobre toda tribo, povo, língua e nação,
8. e hão de adorá-la todos os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos desde a origem do mundo no livro da vida do Cordeiro imolado.(Ap 13,7-8)

12*Tinha todo o poder da primeira Besta e exercia-o na sua presença. Obrigava todo o mundo e os seus habitantes a adorar a primeira Besta - a que tinha sido curada da ferida mortal. 13E realizava maravilhosos prodígios; até mesmo o de fazer descer fogo do céu, à vista dos homens. 14Com o poder que tinha de realizar prodígios na presença da Besta, enganava os habitantes da terra, incitando-os a fabricar uma estátua da Besta que fora ferida pela espada, mas tinha sobrevivido. (Ap 13,12-14)

De acordo com as citações dadas, penso que já é mais do que suficiente analisar e chegar na conclusão de que quando a bíblia fala de todos ou todo, assim como toda, as vezes não há de se interpretar num sentido literal, mas ler e analisar o contexto todo. No versículo 8 do capitulo 13 desse mesmo livro diz que hão de adorá-la todos os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos desde a origem do mundo no livro da vida do Cordeiro imolado. Entretanto, essa citação não se aplica a todos os habitantes da terra, mas sim a geração do tempo da perseguição em Roma, mesmo que fosse para nossa geração, eu pelo menos vivo muito distante de Roma, e que o governo de Roma jamais chegou aqui em Angola. Outra vez no versículo 12 diz: Obrigava todo o mundo e os seus habitantes a adorar a primeira Besta - a que tinha sido curada da ferida mortal. Então, eu já disse que o governo de Roma jamais se expandiu até Angola, e também em muitos países do mundo inteiro e que nunca foi para geração presente, mas a passada que ocorria pelas perseguições do império Romano, e para ser mais claro com a citação, nenhum imperador Romano jamais me forçou a adorar a primeira besta, isso porque não faço parte da geração daqueles que o capitulo 13 de apocalipse fala todo mundo e os habitantes da terra.

Contudo, podemos analisar e observar, usando de apologética dizendo que a virgem Maria não cometeu pecado, porque ela é imaculada e Cheia de Graça.

Escrito por: Benedictus Manuel

Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >