TRADUZIR

quinta-feira, 7 de julho de 2016

ORAÇÃO DIRIGIDA AOS SANTOS E A MARIA

O protestante argumenta que é um erro dirigir nossas orações a Santos e a Maria, afirmam que o único é só Deus, e desse modo os católicos estão errando porque o único mediador entre Deus e os homens é Jesus.

O que me parece é que muitas pessoas não sabem o termo oração. No entanto, oração é o mesmo que pedir, falar com alguém. Assim, ao dirigirmos nossas orações a Deus, nós estamos pedindo e falar com Deus, e os protestantes não podem dizer que não podemos pedir aos santos! Pelo contrario, devemos pedir e falar com eles porque oração não é sinónimo de adoração. Ora, tem pessoa que ora mas não adora. Na oração podemos elevar nossas preces e nossa adoração, inclusive podemos elevar nossas intercessões. É o caso das orações (pedidos) aos santos e Maria.
No entanto, uma coisa que os hereges protestantes deviam saber é que a oração que eles dizem insistentemente que é um erro, é uma oração de intercessão. Ou seja, nós os cristãos verdadeiros pedimos aos santos que eles não cessem de orar por nós. Desse modo, ao dirigirmos nossas orações aos santos, não devemos, esquecer de colocar sempre as palavras rogai por mim. Assim por diante, quem realizará a obra que na qual estamos pedindo, é sempre o mesmo Deus, simplesmente os santos são um canal que na qual nossas orações são atendidas pelo facto de os habitantes do Céu estarem unidos mais intimamente com Cristo.

Alguns hereges podem entoar o hino deles dizendo que Jesus é o único mediador. Com certeza Jesus é o único mediador, mas isso não impede a intercessão dos santos. Porque Jesus é o único mediador entre Deus e os homens, ou seja, aquele que reconciliou o mundo com Deus e que trouxe a salvação. Isso nenhum pastor protestante fez, inclusive os santos católicos. Eis a razão porque Jesus é, e sempre será o único mediador entre Deus e os homens.

Agora, será que não podemos ter intermediários? claro que podemos, e isso a bíblia deixa claro.

Confessai os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros para serdes curados. A oração do justo tem grande eficácia. (Tg 5,16).

Acima de tudo, recomendo que se façam preces, orações, súplicas, acções de graças por todos os homens, (1Timoteo 2,1).

Com essas citações, podemos dizer que devemos ter intermediários e que temos. De acordo com o pensar do protestantismo, o apostolo são Tiago e Paulo não teriam recomendado que outros cristãos orem em favor dos outros, mas, teriam recomendado aos restantes cristãos que pedissem a intercessão diretamente por Jesus, ou seja, é Jesus quem orasse por todos os homens. Exatamente, se na alegação protestante não existe intercessão dos santos, logicamente para eles são Paulo e Tiago erraram ao pedirem aos demais fiéis que intercedessem uns pelos outros. E se a intercessão dos santos para os apóstolos era e é válida, então os que estão unidos mais intimamente com Cristo nos céus, consolidam com mais firmeza na santidade toda a Igreja. Não deixando de interceder por nós ao Pai, apresentando os méritos que alcançaram na terra pelo único mediador de Deus e dos homens.

Para concluir gostaria de dizer que as orações dirigidas aos santos, são as de intercessão como já disse de antemão. Pedimos aos santos do céu e não só, que orem em favor de nós assim como são Tiago pedia que devemos orar uns pelos outros.

Confessai os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros para serdes curados. A oração do justo tem grande eficácia. (Tg 5,16).

Escrito por: Benedictus Manuel


Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >