sexta-feira, 29 de julho de 2016

10 PERGUNTAS QUE NENHUM CATÓLICO CONSEGUE RESPONDER



10 PERGUNTAS QUE NENHUM CATÓLICO RESPONDE




1 - Pedro 2:6 - “Também condenou as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-os as cinzas, tornando-as como exemplo do que acontecerá com os ímpios” - O PÓ TBM É IMORTAL?

RESPOSTA: - O pó não pode morrer, pois é matéria sem vida. Acho que deveria reformular a pergunta, talvez inquirindo se a MATÉRIA É ETERNA. Questão chocha e sem sentido. Vamos ver se a outra é mais inteligente.

2 - "18 No Seol [sheol], ninguém te agradece, ninguém louva o teu nome, os que estão ali não confiam na tua fidelidade. 19 São os vivos, e somente os vivos que te louvam, como eu te louvo agora". COMO VC INTERPRETA O "SOMENTE OS VIVOS"???.


RESPOSTA: - Deus nos revela didaticamente as verdades sobre si mesmo e sobre o homem e seu destino eterno. Você acredita, porventura, que existam outros deuses além do único e verdadeiro? Entretanto, dentro de sua didática, falando a pagãos, Deus se manifesta como Deus dos deuses (Deuteronômio 10,17; Salmos 83,8; Daniel 3,90, etc.). Mas como? Existem outros deuses? Claro que não! Ele começa a ensinar o homem segundo sua crença errada, mas, com o passar dos tempos ele vai purificando a revelação que culminou com Cristo e com o Espírito Santo.

3 - “E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu” (Ec.12:7). Se o espírito de todos sobe para Deus, então não é uma alma imortal e muito menos a própria pessoa. Pois se assim o fosse, TODO MUNDO seria salvo e iria imediatamente para o Céu.
RESPOSTA: - ESPÍRITO E ALMA - A esta nem é preciso fazer trabalhar minha massa cinzenta. Já tenho a resposta pronta:

"Na linguagem comum, costumamos usar estas duas palavras como sinônimas, designando, através delas, o elemento espiritual, imortal, de cada um de nós, assim como lemos no cântico de Maria (Lucas 1, 46 - 47)

“A minha alma glorifica o senhor, o meu espírito exulta em Deus meu salvador”.

Citamos, algumas passagens Bíblicas em que a palavra “espírito” é também, empregada como sinônima de “alma”:

“o pó volta à terra como o era, e o espírito volta a Deus, que o deu” (Ec 12,7)

“...no qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão” (1 Pedro 3, 19);

“E apedrejaram a Estevão, que orava e dizia: senhor Jesus, recebe o meu espírito” (Atos 7, 59).

E agora citamos outras passagens em que, ao contrário, a palavra “alma” é usada como sinônimo de “espírito”.

“Não temais os que matam o corpo, e não podem matar a alma” (que não é o sangue) (Mateus 10, 28- Fig. ao lado: padres mortos pelos comunistas na Espanha)

“Porque não deixarás a minha alma no Hades nem permitirás que aquele que te é leal veja a corrupção” (Atos 13, 35)

“Porque vós não abandonareis minha alma na habitação dos mortos, nem permitireis que vosso Santo conheça a corrupção”.(Salmos 15, 10).

“E quando abriu o quinto selo, vi por baixo do altar (junto de Deus) as almas dos que tinham sido mortos por causa da palavra de Deus” (Apocalipse 6, 9);

“e vi as almas (que não é o sangue) daqueles que foram executados com o machado pelo testemunho de Jesus” (Apocalipse 20, 4).

Alma e espírito, visto serem de uma só substância e natureza, formam um único elemento, uma entidade (indivíduo) única, imortal. Quando o corpo morre, esta entidade, alma (que não é o sangue) e espírito num só e único elemento, porque imortal, volta para Deus onde terá julgamento (Romanos 14, 10) (2 Coríntios 5, 10) na esperança da ressurreição da carne (manifestação pública de todos).

Outras passagens Bíblicas parecem estabelecer distinção entre o corpo e o elemento que compõe espírito e alma, como se lê na carta aos Tessalonicenses (1Tessalonicenses 5, 23).

Neste conjunto, corpo alma e espírito não parecem o sangue que é substância integrante do corpo, e que perece unido ao corpo.

Podemos ver na Bíblia que alma tem o mesmo sentido de espírito.

Exemplos:

“Estendeu-se em seguida sobre o menino por três vezes, invocando de novo o Senhor: Senhor, meu Deus, rogo-vos que a alma deste menino volte a ele. O Senhor ouviu a oração de Elias: a alma do menino voltou a ele, e ele recuperou a vida”. (1 Reis 17,21-22)

“É somente por ele que sua carne sofre; sua alma só se lamenta por ele”. (Jó 14,22)

“Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes aquele que pode precipitar a alma e o corpo na geena”. (Mateus 10,28)

“Aliás, temos na terra nossos pais que nos corrigem e, no entanto, os olhamos com respeito. Com quanto mais razão nos havemos de submeter ao Pai de nossas almas, o qual nos dará a vida?” (Hebreus 12,9)

“Porque não reconheceu aquele que o formou, aquele que lhe inspirou uma alma ativa e lhe insuflou o espírito vital”.(Sabedoria 15,11)

É errado dividir o homem em corpo, alma e espírito, como fazem a maioria dos protestantes. Leia (Gênesis 2,7) e compare com (Eclesiastes 12,7) leia (Mateus 10,28) e compare com (1Coríntios 5,3) leia (Gênesis 25,7-8) e compare com (1Coríntios 7, 34) ler ainda (Gênesis 25,17) e compare com (Atos 7,59).

Como vimos, a Bíblia em certas passagens, fala só de espírito e em outras fala só de alma. Contudo, o ser humano é corpo e alma, não pode ser dividido em três, mas sim em dois"

Autor: Jaime Francisco de Moura


4 - ANTES DA RESSURREIÇÃO DE CRISTO, TODOS OS MORTOS SE ENCONTRAVAM NO CENTRO DA TERRA EM UM LUGAR CHAMADO HADES, Mas Salomão DETONA com essa teoria dizendo q o espírito SUBIU para DEUS....

RESPOSTA: - Mais uma questão de didática divina. Veja, então como o Espírito Santo termina esta questão, falando pela boca de nosso primeiro Papa:

ESPÍRITOS DETIDOS - " ... ele [Cristo] foi pregar aos espíritos que ERAM DETIDO NO CÁRCERE, àqueles que outrora, nos dias de Noé, TINHAM SIDO REBELDES..." (I São Pedro 3, 18-19). 

Quanto ao "subir para Deus, está escrito:

"Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu, o Filho do Homem que está no céu" (São João 3,13).

Até a Redenção operada por Cristo, nenhum homem tinha estado no Céu, junto a Deus. Os maus estavam no inferno; os que ainda tinham algum pecado pelo quais não mereciam a condenação eterna, estavam no cárcere mencionado por São Pedro, ao qual desceu Cristo para pregar às almas ali detidas; os justos estavam num lugar chamado "Seio de Abraão" segundo a parábola contada por Cristo.

Com a morte de Cristo, em primeiro lugar vemos que o ladrão arrependido vai para o céu com Cristo; uma chusma de justos mortos ressuscitam e entram na "cidade santa" (o Céu).

5 - Atos 2,34 "Porque Davi não subiu aos céus, mas ele próprio declara: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita. O texto diz claramente que Davi ainda não havia subido aos Céus. Ora, aonde foi parar Davi, então? Ele morreu e foi para o inferno? Não, pois a Bíblia diz que ele era um homem justo e correto diante de Deus"

RESPOSTA: - Segundo as palavras de Cristo, ninguém ainda subira aos céus. Os justos se encontravam no "Seio de Abraão"


6 - João 14, 2 "Na casa de meu Pai há muitas moradas. Não fora assim, e eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar. 3 Depois de ir e vos preparar um lugar, voltarei e tomar-vos-ei comigo, para que, onde eu estou, também vós estejais. 4 E vós conheceis o caminho para ir aonde vou." Não há espaços para duplas interpretações. O texto é claro quanto a quando iremos para junto de Cristo. Não é quando nós morrermos, mas quando ELE VOLTAR...

RESPOSTA: - Com isto parece que você não crê na onipresença de Cristo o qual é Deus segundo está escrito: "E novamente, ao introduzir o seu Primogênito na terra, diz: Todos os anjos de Deus o adorem (Sl 96,7). (Hebreus 1,6)". A segundo vinda de Cristo se dará visivelmente, não significando que ele não esteja junto à sua Igreja. Foi esta a sua promessa: "... Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo" (São Mateus 28, 17-20)

7 - 16 "Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. 17 E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. 18 E ainda mais: os que dormiram em Cristo pereceram. 19 Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens. 20 Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem." Um pouco mais adiante nesta passagem, Paulo diz: “Se, como homem, lutei em Éfeso com feras, que me aproveita isso? Se os mortos não ressuscitam, comamos e bebamos, que amanhã morreremos” (v.32). Paulo diz que se não fosse pelo fato da RESSURREIÇÃO, confirmada e garantida pelo próprio Cristo, “os que dormiram em Cristo PERECERAM”. Se “pereceram”, é porque a ressurreição não se teria dado, e a pregação do evangelho fora “vã”, uma vez que os mortos em Cristo não estariam desfrutando a vida, e sim mortos no pó da terra. Também, segundo o vs. 32, a melhor opção seria aproveitar hedonisticamente esta vida: “comamos e bebamos, que amanhã morreremos”. Estas passagens claramente são uma refutação da tese de que os que “dormem em Cristo” estão em algum lugar, já garantidos pela eternidade. Qual nada, se não fosse o fato da ressurreição, ressaltado pelo contexto, teriam perecido.


RESPOSTA: - Que mistureba insana! O texto apenas diz que se Cristo não ressuscitou dentre os mortos, tão-pouco se realizará a nossa esperança da ressurreição final, quando, então, nossa alma se unirá ao nosso corpo. Isto não implica que as almas (ou os espíritos) dos justos já não estejam no gozo da visão beatífica de Deus.

8 - ”Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.” (verso 18) Vixi.... olha q coisa.... O apóstolo terminou a consolação dele e SE ESQUECEU DE FALAR Q OS MORTOS ESTÃO COM CRISTO!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Olha q jeito legal de consolar os caras... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ele tbm se esqueceu de falar da união da alma imortal com o corpo... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk esqueceu de falar q eles estão intercedendo lá em cima pela gente... kkkkkkkkkkkkkkk mas que apóstolo mais malvado..... os católicos deveriam dar uma lição nele sobre esse assunto!!! Isso é jeito de consolar os pobrezinhos?????!!!! O contexto é totalmente voltado para a esperança da ressurreição dentre os mortos. A pergunta que incomoda os imortalistas é: Por que razão Paulo não consolou os tessalonicenses dizendo que os mortos já estavam no Céu, mas em momento nenhum disse isso e trouxe como única esperança de “consolo” a ressurreição dentre os mortos? Por que razão Paulo iria ocultar uma verdade tão fundamental e importante que iria “matar a charada” de uma vez? Por que Paulo não fez isso também em nenhuma de todas as suas outras epístolas? Se os mortos já estão com Cristo, o que custava Paulo ter consolado os tessalonicenses com ESSA palavra, e não frisar apenas na RESSURREIÇÃO?

RESPOSTA: - Pô, cara!!! Pra que tanto carnaval??? Veja isto: "Eu vos digo: fazei-vos amigos com a riqueza injusta, para que, no dia em que ela vos faltar, eles vos recebam nos tabernáculos eternos." (São Lucas 16,9).

Quando seremos afastados da administração dos bens que nos foram confiados por Deus, isto é, quando acontecerá que estas riquezas irão nos faltar? Claro que isto se dará quando o Senhor nos chamar para prestar contas de nossa administração, que, fique bem claro, isto se dará com a nossa morte. "Tendas Eternas" significa moradas celestes, nas quais, nossos amigos nos receberão. Ora se nos vão receber é claro sinal de que lá estão. Eles nos antecederam na posse dos bens eternos.

9 - Atos 25 "19 Ao contrário, tinham alguns pontos de divergência com ele acerca de sua própria religião e de um certo Jesus, já morto, o qual Paulo insiste que está vivo" Se todas as pessoas ao morrerem fossem direto para o Céu ou para o Inferno, independente de serem justas ou injustas, será que Paulo precisaria insistir com eles para provar que Jesus está vivo? Absolutamente que não! Não seria nem necessário provar, já que todos os mortos já estão vivos em algum lugar! E veja que o foco é no presente: Paulo insiste para tentar provar que Cristo ESTÁ vivo; e não somente que ele “ressuscitou” ou “reviveu”. Se a imortalidade da alma fosse a crença da época e dos primeiros cristãos, então Paulo definitivamente não teria que se esforçar a fim de provar que JESUS está vivo, até porque TODOS os mortos já estariam vivos! Se Paulo teve que INSISTIR com eles para PROVAR que JESUS está vivo, então evidentemente é porque os outros em geral estão mortos.

RESPOSTA: - Há uma diferença que lhe passou despercebida; Cristo está vivo em seu corpo glorioso, assim como Elias, que fora arrebatado, apareceu envolto em glória (Lc 9,30-31). Quando separado de seu corpo seu Espírito não morreu (pois é imortal), pois foi "pregar" aos espíritos (almas) dos que estavam retidos no cárcere.

10 - Para vc ter uma noção, o sopro é o q o próprio Deus soprou em nós para nos tornar-mos almas viventes (seres vivos). Se fosse uma entidade consciente PRESA dentro de nós, então continuaria conosco após a nossa morte, mas isso não é verdade: A BÍBLIA CARACTERIZA A MORTE COMO A RETIRADA (REPITO: RETIRADA) DO FOLEGO DE VIDA (SOPRO). Ora, se o fôlego de vida (sopro, espírito) SÁI dele então não continua com ele. A vida deriva de Deus, é sustida por Deus, e retorna para Deus.

RESPOSTA: - A este "sopro de Deus" podemos entender que ele, juntamente com a vida, insuflou também a alma no homem. A alma (ou espírito) é imortal e a morte do homem se dará com a sua separação do corpo e esta é a primeira morte. A "segunda morte" mencionada no Apocalipse deve-se entender como a perda definitiva da vida divina em nós pela separação da verdadeira vida que é o próprio Deus.


Leia também esta:





Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    FAZER PEDIDO AQUI

    MAIS OUTRA NOVIDADE!
    Já está em andamento o segundo volume do
    NDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA"

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >