TRADUZIR

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

SÃO PAULO ESTÁ NOS CÉUS SEM TUGIR NEM MUGIR?



Sigo o que a Santa Igreja de Cristo Senhor Nosso sabiamente defendeu por vinte séculos, como São Jerônimo, doutor da Igreja, que atacava o herege Vigilâncio, que defendia justamente sua falsa ideia.

Enganou-se a Igreja, ou os Padres da Igreja que combateram os hereges? Se ela se enganou, então Cristo falhou e ou mentiu, pois prometeu que as portas do inferno jamais prevaleceriam sobre a "Eclésia".









Autor: Anônimo





Acompanhe o pensamento de São Jerônimo ao herege Vigilâncio: 

"Dizes no teu libelo que, enquanto vivemos, podemos orar por nós reciprocamente; depois que morrermos, não há de ser ouvida a oração de ninguém por outro, apesar de que os mártires não cessam de pedir a vingança do seu sangue (Apocalipse, VI, 10). Se os Apóstolos e os mártires, ainda quando estão em seu corpo, ainda quando devem estar solícitos a respeito de si próprios, podem rezar pelos outros, quanto mais depois das coroas, das vitórias e dos triunfos!... Depois que começaram a estar com Cristo, valerão menos? Será que Paulo Apóstolo... não poderá tugir nem mugir em favor daqueles que em todo mundo creram no Evangelho que ele pregou?... Tu vigiando dormes e dormindo escreves." (Contra Vigilâncio no. 6)

Deixe-me esclarecer outra coisa: Javé ordena que os AMIGOS DE JÓ PEÇAM A INTERCESSÃO DE JÓ PARA QUE DEUS OS PERDOASSE (Jó 42,8).

"Moisés saiu ao encontro de seu sogro, prostrou-se e beijou-o. (...) " (Ex 18,7)

Será que Moisés adorou Jetro, seu sogro? Claro que não! Apenas, com este ato, quis mostrar sua estima e respeito. Bem como o terceiro comandante de soldados prostrou-se perante Elias, para rogar pela vida dele e de seus companheiros.Outros dois destacamentos já haviam sido fulminados. Será que o comandante julgava que o profeta era Divino?... 

"E tornou a enviar um terceiro capitão de cinqüenta, com os seus cinqüenta; então subiu o capitão de cinqüenta e, chegando, pôs-se de joelhos diante de Elias, e suplicou-lhe, dizendo: Homem de Deus, seja, peço-te, preciosa aos teus olhos a minha vida, e a vida destes cinqüenta teus servos" 
 (2Reis 1,13) 

Como pode ver nossa disputa de argumentos é bem antiga e já foi travada antes por pessoas mais sabias e instruídas que nos dois.Contudo, tenho que optar por algum lado e vou ficar com aqueles que seguem os ensinamentos das antigas comunidades cristãs. 

No passado me disseram outros protestantes: "Leia os autores antigos de antes da "Igreja que veio de Roma", estude aqueles que deram sua vida e sua morte por Cristo, aí você verá que a ICAR é a "Igreja de Constantino".

A Igreja Católica nasceu em Jerusalém. Depois Pedro estabeleceu
sua sede episcopal na capital do Império, Roma.
NEM SEI O QUANTO DEVO DE AGRADECIMENTO A ESTES PROTESTANTES. GRAÇAS A ELES TORNEI-ME UM CATÓLICO MELHOR. 

Li tudo e o que encontrei em sua quase totalidade. 

Aí. agora que este argumento da "Igreja que veio de Roma" já não me engana mais. 

Então, me dizem :"Ah, tudo que você leu foi forjado pelo Papa!". 

Se isto é verdade, então, no minimo, deveríamos pegar todo o  NT E JOGA-LO NO LIXO, pois, se não fosse pelos bispos NÃO TERÍAMOS CÂNON NENHUM NEM MESMO O COMPLETO DO AT.
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >