quinta-feira, 23 de maio de 2013

MENTIRA APOCALÍPTICA


A MENTIRA

“IDENTIFICA-SE A IGREJA no Apocalipse como "Embriagada com o sangue dos Santos e das Testemunhas de Jesus"(Cap. 17:6)”.


ONDE SE ENCONTRA

SOBRE AS ÁGUAS (Clique Aqui)

A VERDADE DOCUMENTAL

Diz as Escrituras em Apocalipse 17,6, citado pelos embusteiros: “E vi que a MULHER estava embriagada do sangue dos santos das testemunhas de Jesus”. (Apoc 17,6). Logo a Igreja não é identificada aqui coisa nenhuma, mas a “mulher” que significa a cidade de Roma quando foi pagã.

CONFIRA: 

“E a MULHER que viste é a GRANDE CIDADE que reina sobre os reis da terra”. (Apoc 17,18) / “Estarão de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: AI! AI! Ai daquela grande Babilônia, aquela forte CIDADE! Pois numa hora veio o seu juízo (Apoc 18,10)”. 

Veio seu juízo, quando a venceu o reino da Igreja Católica de Jesus Cristo, “reino que jamais será destruído, nem passará a outro povo”, como previa Daniel 2,44. Desmoralizo assim, a interpretação satânica, comum no protestantismo.

A Bíblia é clara: A mulher é a grande cidade Ap 17,18; a grande cidade é a Babilônia (Ap 18,10); a prostituta é a cidade (Ap 17,16). Logo, Isso elimina o sofisma criminoso e blasfemo protestante, de querer maldosamente atribuir a Igreja Católica ser a “prostituta” (de quem eles são filhos, pois dela descendem e usurpam a bíblia). 

VEJA QUE ENTRE OS SANTOS E TESTEMUNHAS DE JESUS QUE TIVERAM SEU SANGUE DERRAMADO, ESTAVAM OS PAPAS QUE ERAM MORTOS PELOS IMPERADORES, QUANDO ROMA FOI PAGÃ:

1º Papa – S. Pedro - de 37 a 67 morto por Nero - de 41 a 68 
2º Papa – S. Lino - de 69 a 79 morto por Vespasiano - de 69 a 79
3º Papa – S. Cleto - de 79 a 92 morto por Domiciano - de 81 a 96
4º Papa - S. Celemente - de 92 a 101 morto por Trajano - de 98 a 117
5º Papa - St. Evaristo - de 101 a 107 morto por Trajano
6º Papa - St. Alexandro - de 107 a 116 morto por Trajano
7º Papa - S. Xisto - de 116 a 125 morto por Adriano - de 117 a 138
8º Papa - S. Telésforo - de 125 a 138 morto por Adriano
9º Papa - St. Higino - de 138 a 142 morto por Antonino - de 138 a 161
10º Papa - S. Pio I - de 142 a 155 morto por Antonino
11º Papa - St. Aniceto - de 155 a 166 morto por M. Aurélio de - 161 a 180
12º Papa - S. Sotero - de 166 a 174 morto pro M. Aurélio
13º Papa - St. Eleotério - de 174 a 189 morto por Comodo de 180 a 193
14º Papa - S.Vitor I - de 189 a 199 morto por S. Severo - de 193 a 211
15º Papa - S. Zeferino - de 199 a 217 morto por Caracala - de 211 a 217
16º Papa - S. Calixto I - de 217 a 222 morto por Heliogabalo de 218 a 222
17º Papa - St.Urbano I - de 222 a 230 morto por A. Severo de 222 a 235
18º Papa - S. Ponciano - de 230 a 235 morto por Alexandre Severo
19º Papa – St. Antero - de 235 a 236 morto por Maximino de 235 a 238
20º Papa - S. Fabiano de 236 a 250 morto por Décio de 249 a 251
21º Papa - S. Cornélio - de 251 a 253 morto por Treboniano - de 251 a 253
22º Papa - S. Lúcio - de 253 a 254 morto por Valeriano - de 253 a 260
23º Papa – St. Estêvão - de 254 a 257 morto por Valeriano

PopesixtusII
Martírio do Papa São Sisto II
24º Papa - S. Xisto II - de 257 a 258 - Morto por Valeriano
25º Papa - S. Dionísio - de 259 a 268 - Não sofreu o martírio
26º Papa - S. Félix - de 269 a 274 - morto por Aureliano - de 270 a 275

27º Papa - S. Eutiquiano - de 275 a 283 - não sofreu o martírio
28º Papa - S. Caio - de 283 a 293 - Não sofreu o martírio

Jean-Léon_Gérôme_-_The_Christian_Martyrs'_Last_Prayer_-_Walters_37113
Segundo o “Catálogo Liberiano”, Marcelo, um romano, foi eleito papa pelo 
clero romano por volta da última metade de 308 (Fuit temporibus Maxenti 
a cons. X et Maximiano usque post consulatum X et septimum). Com 
base na interpretação do arqueólogo italiano Giovanni Battista de Rossi, 
tal anotação deveria ser lida A cons. Maximiano Herculio X et Maximiano 
Galerio VII [308] usque post cons. Maxim. Herc. X et Maxim. 
Galer. VII [309].
29º Papa - S. Marcelino - de 296 a 304 - Não sofreu o martírio

30º Papa - S. Marcelo I - de 308 a 309 - morto por Constâncio de 305 a 311
31º Papa - St. Euzébio - de 309 a 310 - desterrado por Maxêncio
32º Papa - S. Melquíades - de 311 a 314 - Este não foi morto - Já reinava Constantino I, o Grande – O primeiro imperador cristão.

Logo, “os Santos e Testemunhas de Jesus” de que fala a bíblia eram principalmente os Papas, líderes dos cristãos. 

Isso elimina definitivamente a calúnia protestante, que malandramente coloca os Papas como “matadores”.


A CEGUEIRA PROTESTANTE RIDICULARIZA A BÍBLIA, IGNORA QUE A “PROSTITUTA” (ROMA PAGÃ) CAIU.


(Apocalípse14,8) “Um segundo anjo o seguiu, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição”.

E FOI JULGADA:

(Apocalípse19,2) “porque verdadeiros e justos são os seus juízos, pois julgou a grande prostituta, que havia corrompido a terra com a sua prostituição, e das mãos dela vingou o sangue dos seus servos”.

DANDO LUGAR A IGREJA, “NOIVA” DE CRISTO:

(Apocalipse 19,7) “Regozijemo-nos, e exultemos, e demos-lhe a glória; porque são chegadas as bodas do Cordeiro, e já a sua noiva se preparou”,

Fontes consultadas: (biografia dos Papas),(Versículos conforme bíblia protestante de João Ferreira).


 POSTAGEM SEGUINTE:  A Igreja que vendeu sua fé -
Dentre muitas opiniões e expressões soberbas que costumamos ouvir de católicos e seguidores desta seita romana, uma que é mencionada muitas vezes é a seguinte: A Igreja Católica é a maior instituição religiosa no mundo





POSTAGEM ANTERIOR: ...Neste mesmo ano um teste foi realizado: hóstias não consagradas foram colocadas em uma caixa selada. Dez anos mais tarde foram examinadas e encontradas desfiguradas. Em 1850, 61 anos depois do fechamento da caixa, as hóstias não consagradas...


Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >