sexta-feira, 10 de agosto de 2012

ELA VIA PERFEITAMENTE APESAR DE CEGA




Era absolutamente cega. Seus olhos não tinham PUPILA.

ÍRIS: disco colorido com um orifício central (chamado de PUPILA, ou menina dos olhos). Sua função é controlar a quantidade de luz que entra no olho: ambiente com muita luz faz fechar a pupila; ambiente com pouca luz faz dilatar a pupila. Exerce a função idêntica ao diafragma de uma máquina fotográfica.








Livro "Frei Pio - Testemunha Privilegiada de Cristo" 
de Arni Decorte




Comparando o olho como uma máquina fotográfica:





NÃO OBSTANTE SER CEGA, ELA ENXERGAVA

Três dos melhores livros que tratam da vida do padre Pio (Maria Winowska, Mortimer Carty e René Harmel) mencionam a história da pequena  Gemma de Giorgi (Anna Maria Gemma di Giogio).


Em 18 de junho de 1947 deu-se uma cura extraordinária, a de Gemma de Giorgi, de Ribeira, na Sicília. Nascera sem pupilas. Os médicos declararam que, naquele caso, nada podiam fazer.


Sem a abertura  (figura acima  - a pupila), pela qual entra
a luz, a pessoa é absolutamente cega. Não se fotografa  com a objetiva obstruída.
Os pais  conformaram-se com a o infortúnio, mas a avó da menina não podia resignar-se. Cheia de confiança rezou muito a Deus e quando a garotinha contava com sete anos decidiu ir ter com o padre Pio levando-a consigo. Juntas e cheias de fé, empreenderam  a longa e penosa viagem até San Giovanni.


Logo que entraram na igreja do convento onde o padre Pio distribuía a comunhão, de repente, toda gente pôde ouvir sua voz: "Gemma, anda cá!". Vó e neta abriram caminho por entre a multidão e ajoelharam-se junto ao altar. O padre sorriu para a menina e lhe disse que podia fazer ali a sua primeira comunhão. Ouviu-a em confissão e pôs-lhe a mão  sobre os olhos. Em seguida ministrou-lhe a comunhão.


A avó lhe perguntou mais tarde se naquele momento tinha pedido qualquer graça ao que a pequena disse que não.

Pouco depois, encontrou novamente o padre que, ao abençoá-la disse: "Que Nossa Senhora te abençoe, Gemma, e procura ser sempre boa". Nesse mesmo instante a criança deu um grito... Via!

Este milagre aconteceu com a Igreja repleta de gente.

A cura fora completa e definitiva, não obstante continuassem os olhos sem pupilas depois do milagre - autêntica provocação à ciência. Quatro meses depois, Gemma foi examinada por um oftalmologista de renome, o professor Caramozza de Perugia que declarou convicto após o exame que a criança não podia ver nem, tão-pouco, veria jamais. Após uma pesquisa detalhada, escreveu em um relatório médico que, contra todas as leis da física e da biologia, a menina sem pupilas (e, portanto, absolutamente incapaz de ver qualquer coisa com seus olhos), vê perfeitamente.

Gemma é o único caso de uma cega perante a ciência médica, e que, não obstante, via perfeitamente.



Ela ingressou na associação das "Filhas da Divina Providência" congregação de leigos, fundada por Dom Labellarted a conselho do padre Pio.


Em 1995 ainda lecionava em Messina, na Sicília


Autor: Arni Decorte
Fonte: livro «Padre Pio» da Editorial Apostolado da Oração (1990)
Veja o Índice das Mentiras em GOOGLE+
Acesse também:

.
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >