TRADUZIR

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

A BÍBLIA, A IMACULADA MÃE DE DEUS E A INERRÂNCIA DA IGREJA

Neilom Soares... o pecado de Maria, não passa para o seu filho, que foi gerado pelo Espírito Santo. A comunhão de Deus com Maria, foi mediante a fé, e não a preservação. Preservação, é especulação humana, fé, é revelação divina, desde do Genesis ao apocalipse. Boa tarde, paz e bem amigo.


Oswaldo - Não se pode chamar de ESPECULAÇÃO HUMANA a decreto eclesial cuja inerrância se firma nas Escrituras (conferir Mt 16,18; 18,18; 1Tm 3,15).



Neilom Soares - Interessante, vc fazer uso das escrituras para falar de inerrancia. É justamente por esse método, que, preservação é especulação, pois é alheia as escrituras, que revela, claramente a fé.


E as passagens citadas não falam da inerrância da Igreja, representada por seu legítimo magistério? Vamos examiná-las pela enésima vez. 

Pode a Igreja errar quando nos propõe uma verdade de fé?

A Igreja não é a "carne da carne" (Gen 2,23) de Cristo (Ef 5,29) "a esposa imaculada, sem mancha" de erro e de pecado (Ef 5,27 cf.Apoc.19,7; 21,2 e 9; 22,17)? Ela não é "a esposa do cordeiro"? Não é ela a plenitude de Cristo (Ef 1,23)? O "corpo do qual ele é a cabeça" (Col 1,18; Ef 1,23; 4, 15)? Não é esta pessoa formada de uma multidão humana que Cristo desposou, e, que ele ama como a si mesmo (Ef 5,25; 5,29-30)? Não é ela "a coluna inabalável e sólido sustentáculo da verdade" (1 tim 3,15)? O Espírito de Verdade que nela desceu para "conduzi-la à verdade completa" (João 16,13), nela não habita desde Pentecostes e para sempre (João 16,7; 1 Cor 3,16; 6,19)? Cristo não prometeu estar com ela até o fim do mundo (Mateus 28,20)?

Resultado de imagem para igreja-católica reunida


É à pessoa comum da Igreja, em outras palavras, é à Igreja tomada em sua unidade e sua universalidade, que esta promessa foi feita. Quando, pois, a Igreja fala, CRISTO É FIADOR DE SUA PALAVRA.Tudo o que a pessoa da Igreja nos transmite como revelado por Deus é, tal qual ela o diz, eternamente verdadeiro.

CRISTO PROMETEU singularmente a Pedro que tudo que ele ligasse na terra seria também ligado no Céu (Deus). Mas podem os céus confirmar a mentira e o erro? Sem dúvida que não! Logo, Pedro, e naturalmente todos os seus legítimos sucessores, estava impedido de errar em questões de fé e de moral. 

Porém, não somente Pedro estava impedido de errar porque as mesmas palavras foram ditas ao conjunto dos apóstolos. 

Entretanto, há uma grande diferença entre a primeira e a segunda promessa. Aos apóstolos, a promessa foi conferida EM CONJUNTO, significando assim que cada um deles era INFALÍVEL desde que em comunhão com os demais, enquanto que a Pedro foi dito unicamente a ele, de acordo com o múnus que lhe foi imposto por Cristo de confirmar seus irmãos na fé e também com o seu solene investimento para ser aquele que haveria de pastorear tanto cordeiros (simples fieis) quanto ovelhas (bispos, presbíteros e diáconos) (Jo 21, 15-17).

Faz sentido?

Resultado de imagem para faz sentido soldado

Sim, a partir da obrigação que temos de dar ouvidos à Igreja (Mt 18,17); da afirmação de Jesus de que as pessoas que ouvissem seus legítimos enviados estariam ouvindo a si próprio (Lc 10,16); da grave ameaça de condenação para aqueles que não cressem em seus ensinos (Mc 16,14-16).
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >