TRADUZIR

sexta-feira, 20 de julho de 2012

OS SANTOS SÃO MAIS PODEROSOS DO QUE PODEMOS IMAGINAR



OS SANTOS TÊM OU NÃO TÊM PODER? Claro que têm! Mas, segundo dizem nossos irmãozinhos rebelados, os santos estão mortinhos da silva, nada sabem sobre o que se passa debaixo do sol e nada fazem a nosso favor porque nada podem fazer.
Entretanto a realidade dos santos é bem diferente dessa. Depois desta vida, os santos podem muito mais ainda que quando caminhavam conosco nesta vida. Eles recebem de Cristo o PODER de reinar, julgar e até de nos introduzir nos céus.

Autor: Oswaldo


Eles

1 - REINAM: "Se pelo pecado de um só homem reinou a morte (por esse único homem), muito mais aqueles que receberam a abundância da graça e o dom da justiça reinarão na vida por um só, que é Jesus Cristo!" (Romanos 5,17)

"Se soubermos perseverar, com ele reinaremos" (II Timóteo 2,12)

"Cantavam um cântico novo, dizendo: Tu és digno de receber o livro e de abrir-lhe os selos, porque foste imolado e resgataste para Deus, ao preço de teu sangue, homens de toda tribo, língua, povo e raça; e deles fizeste para nosso Deus um reino de sacerdotes, que reinam sobre a terra" (Apocalipse 5, 9-10)

"Feliz e santo é aquele que toma parte na primeira ressurreição! Sobre eles a segunda morte não tem poder, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo: reinarão com ele durante os mil anos" (Ap 20,6)

"Já não haverá noite, nem se precisará da luz de lâmpada ou do sol, porque o Senhor Deus a iluminará, e hão de reinar pelos séculos dos séculos" (Ap 22,5);


2 - JULGAM: 

"... disponho para vós o Reino, como o meu Pai o dispôs para mim, a fim de que comais e bebais à minha mesa em meu Reino, e vos senteis em tronos para julgar as doze tribos de Israel". (São Lucas 22,29-30) 

"Não penseis que vos acusarei diante do Pai; Moisés é o vosso acusador, ele, em quem pusestes a vossa esperança." (São João 5,45) 

 "Se, portanto, o incircunciso guardar os preceitos da Lei, porventura sua incircuncisão não será considerada circuncisão? E o fisicamente incircunciso, cumpridor da Lei, julgará a ti que, apesar da letra e da circuncisão, és transgressor da Lei." (Romanos 2,26-27) 

 "O homem psíquico não aceita o que vem do Espírito de Deus. É loucura para ele; não pode compreender, pois isso deve ser julgado espiritualmente. O homem espiritual, ao contrário, julga a respeito de tudo e por ninguém é julgado." (I Coríntios 2,14-15); 

"Então não sabeis que os santos julgarão o mundo? E se é por vós que o mundo será julgado, seríeis indignos de proferir julgamentos de menor importância? Não sabeis que julgaremos os anjos? Quanto mais então as coisas da vida cotidiana?" (I Cor 6, 2-3)


"Vi então tronos, e aos que neles se sentaram foi dado poder de julgar. Vi também as vidas daqueles que foram decapitados por causa do Testemunho de Jesus e da Palavra de Deus, e dos que não tinham adorado a Besta, nem sua imagem, e nem recebido a marca sobre a fronte ou na mão eles voltaram à vida e reinaram com Cristo durante mil anos". (Apocalipse 20,4);


Ao lerem tal, nossos amados irmãozinhos acabam pensando que tais poderes são de "mentirinha", um reles título de nobreza, pois para eles, somente Deus é poderoso. Outros, em lendo os versículos citados, acabam exclamando:


- Ah!!! Isto só acontecerá depois do JUÍZO FINAL, tanto assim que o verbo está no futuro: "reinarão"!!!....

Sim, está no futuro, porque o presente para nós é ainda aqui, nesta vida, e o futuro será, então, para depois desta vida.

3 - PODEM INTRODUZIR-NOS NO CÉU: 


Vejam, pois este versículo que prova que eles têm o poder de nos receber nos TABERNÁCULOS ETERNOS:

"Eu vos digo: fazei-vos amigos com a riqueza injusta, para que, no dia em que ela vos faltar, eles vos recebam nos tabernáculos eternos." (São Lucas 16,9).

O que são  "riqueza injusta" e quando ela nos irá faltar? 


Riqueza injusta é a que não nos pertence e que, no entanto, está a nossos dispor nesta vida, e das quais devemos fazer bom uso. Essa é constituída pela nossa vida, nossos talentos, bens materiais, pela oportunidade que temos de orar e, sobretudo, de aplicar os infinitos merecimentos de Jesus, de Maria e de todos os santos a favor de outrem. 

De tudo isso podemos dispor enquanto estivermos neste mundo, exceto no dia em que o Senhor, o dono de tudo, no momento que quiser, virá chamar-nos à sua presença para pedir-nos conta de nossa administração. 

Será nesse momento terrível que aqueles para quem usamos de misericórdia, virão em nosso socorro acolhendo-nos em suas casas, as moradas eternas.


E por que tais bens são chamado por Cristo como "riqueza injusta"?

Porque, ao abater as dívidas (pecados) desses nossos amigos, usamos de bens que, na verdade, não nos pertenciam... 

Ah, mas que ninguém fique preocupado!!!! 

Quem nos aconselha a fazer uso deles é o próprio dono!














Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >