quarta-feira, 12 de outubro de 2016

FANTASIAS PROTESTANTES SEM SUPORTE HISTÓRICO NO LUGAR DE HISTÓRIA UNIVERSAL

HISTORIANET publica mentira anti-histórica a serviço do protestantimo 



No endereço: http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=918 o vergonhoso site HISTORIANET diz, fazendo uso de proselitismo protestante:

“O termo “Igreja Católica” é posterior ao Concílio de Trento, uma forma de diferenciação perante os protestantes. Antes só existia a Cristandade.”

Isso é falso. Este site está difundindo fantasias protestantes e não história universal.

Os testemunhos primitivos abaixo, de centenas de anos antes do Concílio de Trento (1545 a 1563), acabam com o engodo e mostram a Igreja Católica como a única e verdadeira desde os primeiros anos do cristianismo.
Resultado de imagem para esmirna
Esmirna era uma cidade que, a exemplo da Fenix, o pássaro da mitologia grega, havia também renascido das cinzas. Lá por volta do ano 600 A.C, os lídios atacaram e destruíram toda a cidade. Aproximadamente 400 anos depois, Lisímaco a reconstruiu e a partir de então a glória de Esmirna
 tornou-se maior do que outrora.
São Policarpo, bispo de Esmirna; foi contemporâneo dos apóstolos, nasceu no ano 69 e foi discípulo de São João Evangelista.



Ele escreveu: “A Igreja de Deus que peregrina em Esmirna à Igreja de Deus que peregrina em Filomélio e a todas as paróquias da IGREJA SANTA E CATÓLICA em todo o mundo”. Nessa mesma Epístola se fala de uma oração feita por São Policarpo, na qual ele “fez menção de todos quantos em sua vida tiveram trato com ele, pequenos e grandes, ilustres e humildes, e especialmente de toda a IGREJA CATÓLICA, espalhada por toda a terra” (c. 8).

Santo Inácio, que conheceu São João, escritor do livro de Apocalipse, dizia lá no ano 106“Onde estiver o bispo, está o povo, assim como onde está Jesus Cristo, está a IGREJA CATÓLICA”. ( Sto. Inácio de Antioquia, Carta aos Esminenses, 8, ano 106 d.C.).

São Clemente de Alexandria já dizia no século II: “Não só pela essência, mas também pela opinião, pelo princípio, pela excelência, só há uma Igreja antiga e é a IGREJA CATÓLICA." (Stromata 1.7. c. 15)

São Frutuoso, martirizado no ano 259, diz: “É necessário que eu tenha em mente a IGREJA CATÓLICA, difundida desde o Oriente até o Ocidente” (Ruinart. Acta martyrum pág 192 nº 3).

Lactâncio, convertido ao cristianismo no ano 300, diz: “Só a IGREJA CATÓLICA é que conserva o verdadeiro culto. Esta é a fonte da verdade; este o domicílio da fé, o templo de Deus, no qual se alguém não entrar, do qual se alguém sair, está privado da esperança de vida e salvação eterna” (Livro 4º cap. III).

Resultado de imagem para capadocia
CAPADÓCIA



No mesmo século III, Firmiliano, bispo de Capadócia, diz assim: “Há uma só esposa de Cristo que é a IGREJA CATÓLICA (Ep. De Firmiliano nº 14).

O Historiador Optato de Milevi, no ano 367, registrou: "Na cidade de Roma, quem por primeiro se sentou na cátedra episcopal foi o Apóstolo Pedro, ele que era a cabeça de toda a Igreja, (...) Os apóstolos nada decidiam sem estar em comunhão com esta única cátedra (...) Recorde a origem desta cátedra, todos que reivindicam o nome da Santa Igreja Católica..." (O Cisma Donatista 2:2).

Como se pode ver, esse site desonesto apenas copia e difunde as conhecidas lorotas anti-históricas protestantes.

Estudantes não confiem nesses irresponsáveis. Para saber mais sobre as outras mentiras que publicam ali sobre a "reforma" protestante, acesse: http://fimdafarsa.blogspot.com.br/2011/05/os-embustes-em-torno-das-95-teses-de.html  e  http://fimdafarsa.blogspot.com.br/2011/11/manual-do-professor-refutado.html

Por Fernando Nascimento



Vejam: - MINHAS PUBLICAÇÕES NO GOOGLE+

Leiam também esta:


Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >