terça-feira, 6 de setembro de 2016

DIZEM: "A PRIMEIRA EDIÇÃO DA BÍBLIA CATÓLICO-ROMANA COM OS APÓCRIFOS DEU-SE EM 1592"




I - A MENTIRA


"... A primeira edição da Bíblia católico-romana com os apócrifos [Deuterocanônicos] deu-se em 1592, com autorização do papa Clemente VIII."





II - ONDE SE ENCONTRA


1 - SOLA SCRIPTURA

2 -
 
INSTITUTO CRISTÃO DE PESQUISA






5 - CENTRO APOLOGÉTICO CRISTÃO DE PESQUISA (CACP)




III - A VERDADE


62 anos antes do surgimento do protestantismo (1517) e 137 anos antes do Concílio de Trento (1592) surgia a primeira Bíblia impressa (1455), invenção de Johannes Gensfleisch zur Laden zum Gutenberg.

Com esta Bíblia, se prova terminantemente que os tais sete livros "apócrifos", na verdade, os deuterocanônicos, não foram acrescentados no Concílio citado, como se vê a seguir:



Além disso, eles já figuravam no cânon aprovado pela Igreja desde o século IV e também no codex Sinaíticus.

O Codex Sinaiticus, também conhecido como Manuscrito 'Aleph' (primeira letra do alfabeto hebraico), é um dos mais importantes manuscritos gregos já descobertos, pois além de ser um dos mais antigos (século IV), é o único codex que contém o Novo Testamento inteiro. Atualmente acha-se no Museu Britânico (Additional 43725).

O Codex Sinaiticus, juntamente com o Codex Vaticanus, é um dos mais importantes manuscritos gregos para o Criticismo textual, além do texto da Septuaginta.

É escrito em quatro colunas por página, 48 linhas por página. As letras não contem acentos e respirações (Jongkind, Dirk (2007), pp. 22-50. Scribal Habits of Codex Sinaiticus, Gorgias Press LLC, pp. 67-68.). Contém as Seções Amonianas, e os Cânones Eusebianos.

Autor: Oswaldo de Paula Garcia


Vejam: - MINHAS PUBLICAÇÕES NO GOOGLE+

Leiam também esta:










Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >