TRADUZIR

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

SEM QUERER CASEIRO DO SÍTIO EM ATIBAIA ENTREGA EX-PRESIDENTE



A polícia ambiental esteve ontem, quarta-feira, 17, no sítio em Atibaia para inspecionar a área em que foi construído um anexo com quatro suítes no final de 2010. Os agentes foram acompanhados pelo caseiro do sítio, conhecido como Madadona.

No momento em que os policiais solicitaram ao caseiro o número de telefone do dono da propriedade, o inocente Maradona forneceu o número do celular do advogado de Lula, Cristinp Zanin, genro de Roberto Teixeira, o homem por trás dos imóveis do ex-presidente. Pelo visto o caseiro desconhece a versão combinada entre Llça e membros do PT, que alegam que o sítio pertence a Fernando Bittar e Jonas Suassuna.

A reportagem do BLOGO esteve no local e ligou para o advogado. Embaraçado, Zanin disse que não entende a razão pela qual seu número de celular foi fornecido à equipe de fiscalização pelo casiero Maradona.
   

- Deve ter havido algum equívoco. Não sou responsável pelo sítio nem advogo mais para os proprietários. Meu escritório prestou consultoria na época da compra e venda. Pode ser que eles tivesse na na portariap número do telefone - afirmou Zanin.

Informado que não havia sido entregue o telefone de seu escritório, mas sim o de seu celular, ele respondeu:

- Eu não tenho como explicar isso. - afirmou o advogado de Lula.

Por: O Antagonista - O Globo informa que a Polícia Militar Ambiental fez na tarde de hoje uma fiscalização no sítio Santa Bárbara, o sítio de Lula que não é de Lula…  Acompanhados pelo caseiro Élcio Pereira Vieira, o Maradona, eles inspecionaram 
o lago e a área do sítio em que foi construído um anexo com quatro suítes. Ali, 
havia um córrego. Segundo a reportagem, a Polícia Ambiental vai requerer dos proprietários formais do sítio, Fernando Bittar e Jonas Suassuna, as 
autorizações para as intervenções feitas em área de preservação permanente. Suassuna e Bittar vão ter de consultar José 
Carlos Bumlai e Marisa Letícia.
Lula esteve semana passado com Jacó Bittar, seu velho amigo e pai de Fernando, sócio de Lulinha e proprietário formal do sítio de Atibaia. A visita teria sido para, supostamente, combinar a versão sobre quem é de fato o dono do sítio. Lula só se esqueceu de combinar a mesma versão com Maradona, o caseiro.

FONTE: IMPRENSA VIVA


Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >