TRADUZIR

sábado, 23 de maio de 2015

O ARMAGEDON - ARQUEOLOGIA


Um dos mais importantes sítios arqueológicos em Israel, Tel Megido ou Colina de Armagedom contém um dos remanescentes históricos de Megido, uma cidade fortificada em um ponto estratégico no caminho entre o Egito, Síria e Mesopotâmia. Megido servia como importante cruzamento de grandes batalhas históricas.
Resultado de imagem para TEL MEGIDDOEstá mencionada em documentos com mais de 3.500 de idade. Como sendo uma das cidades, dos estábulos dos reis Salomão e Acabe, e como um sítio de Josias, rei de Judá.
Em 1918 os inglenses derrotaram alí os turcos otomanos, e em 1948, durante a guerra da independência, os israelenses prevaleceram contra os árabes que invadiram bem próximo dali em Mishmar Haemek.




No novo testamento, no livro de Apocalipse, Megido é identificada como o local da grande batalha mundial Armagedom, vem da adaptação do hebráico Har Megido, no grego.
"E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom." Apocalipse 16:16
As escavações tem descoberto ruínas de cerca de 25 cidades, datando desde 4.000 AC, até o ano 400 AC. Ruínas agora estruturadas e visiveis mostram uma cidade de estábulos bem fortificada, construída por Salomão no século 10 AC. Marcada por grande conhecimento de engenharia.
Um largo túnel vertical de 36 metros escavado na rocha se encontrando, com um túnel horizontal com mais de 60 metros até uma fonte fora da cidade. A fonte ficava escondida pela muralha e coberta por terra.
Nova descoberta arqueológica excepcional
No dia 05.2005 foi anunciado pelo canal 2 de Israel o que já há muito vem sido pesquisado pela secretaria de antiguidades em Israel. Após meses de procura de achados arqueológicos na prisão de terroristas junto a Megido, no sul da Galileia. Quando a secretaria de arqueologia já havia autorizado a construção de um novo setor para presos foram feitas descobertas incríveis.
Durante os primeiros trabalhos para a construção de mais um setor da cadeia foi achado junto do local um mikveh, ou seja pia batismal. Juntamente com ele as bases de uma grande construção e também mosaicos de grandes proporções com inscrições em grego.
Diante das descobertas e empolgações dos arqueólogos ficou constatado que se trata provavelmente da maior e mais antiga igreja achada em toda a região de Israel. O que provavelmente mudará as questões ligadas a construção ali na região. Segundo as autoridades arqueológicas se trata de uma verdadeira raridade por suas proporções e riqueza de detalhes.
Três grandes inscrições foram achadas no local, todos em grego, duas delas tratam de homenagens a pessoas que doaram recursos para a construção e ornamento do local. Um grupo de quatro mulheres é citado em uma e na outra um provável oficial romano.
Na terceira e mais importante inscrição foi achado "Ao Deus Yeshua em sua Memória". Foram achados símbolos cristãos antes mesmo da cruz como a presença de um medalhão de peixes, confirmando a tradição deste ser o primeiro símbolo dos cristão.
As obras tiveram que ser completamente paralisadas até que a secretaria de antiguidades decida qual será o destino das antiguidades, se estas serão transferidas ou se a obra vai ser embargada.
A região de Megido é conhecida como uma região cheia de possibilidades arqueológicas, no ano 2002 o primeiro sítio arqueológico da região fez 100 anos de escavações(Tel Megido) o qual teve seu início com o mandato britânico.
O mais curioso é que por ser dentro da área da cadeia de Megido, as escavações são realizadas por presos palestinos comuns da cadeia que desejaram participar das explorações e descobertas.
As escavações estão previstas para encerrarem somente daqui a duas semanas, mas creio que após estas descobertas ainda levará muito tempo para sabermos qual será o destino real destas descobertas.
MEGIDO - ISRAEL- GALILEIA, NORTE



Gosta de DEBATES? 
Veja também o Índice das Mentiras em GOOGLE+
Acesse também:

.
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >