TRADUZIR

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

SE NÃO TÁ NA BÍBLIA NÃO ACREDITO!


Então vem o protestante e diz: “a Bíblia ensina que toda escritura é útil…”

Senhor protestante, preste atenção. Útil é útil. Útil não é o mesmo que suficiente.

Útil é auxílio. 

Aliás, no caso da Bíblia, um precioso auxílio. 

INDISPENSÁVEL é a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade(Timóteo).
O que isso quer dizer ? Sem a Igreja a verdade não se sustenta.


Autor: V.De Carvalho – Livre divulgação mencionando-se o autor


A frase mais comum que ouvimos de protestantes, especialmente evangélicos é: “Católicos, leiam a Bíblia.”
Os protestantes utilizam a referida expressão para atacar o catolicismo que, segundo eles, abraça dogmas e confissões de fé antibíblicas.

Faço a ressalva que os protestantes históricos apresentam-se nos atuais dias bem mais carinhosos e receptivos do que o novo protestantismo brasileiro que se auto denomina “Igreja Evangélica”.

É prudente que deixemos de lado aqueles que já nasceram em lares protestantes ou mesmo evangélicos e que sem culpa direta atacam o catolicismo a partir das instruções e doutrinamento constantes que receberam. O Catecismo nos ensina algo muito importante sobre isso:
RUPTURAS
“Os que hoje em dia nascem em comunidades que surgiram de tais rupturas e estão imbuídos da fé em Cristo não podem ser arguidos de pecado de separação, e a Igreja católica os abraça com fraterna reverência e amor… Justificados pela fé recebida no Batismo, estão incorporados em Cristo, e por isso com razão são chamados com o nome de cristãos, e merecidamente reconhecidos pelos filhos da igreja católica como irmãos no Senhor” (UR,3), (CIC nº 818).

Entretanto, faço a anotação de que é dever de todos a busca ardente pela verdade e assim para aqueles que são aptos mentalmente e integralmente capazes e ainda livres de quaisquer impedimentos, é indispensável que a investigação caminhe no sentido de se conhecer mais profundamente o catolicismo antes de criticá-lo, especialmente para aqueles ex católicos que sem nada saberem da religião de seus pais fazem a opção pela adesão às mais variadas seitas que militam contra a Igreja Católica.

Para os que abandonam a Igreja Católica ou a rejeitam sabendo ser ela a verdadeira e única esposa de Cristo:
“Os heréticos condenam-se a si mesmos já que por própria opção abandonam a Igreja, um abandono que, sendo consciente, torna-se sua condenação .” São Jerônimo Comentários acerca de Titus, 3,10 386 A.D.
Como todas denominações protestantes se dizem inspiradas por Lutero e com mais ou menos fervor todos parecem protestar contra o catolicismo, mesmo reconhecendo que alguns segmentos desejam estreitar laços ou pelo menos desenvolver respeito pela doutrina católica, proponho que o contexto abaixo sirva de referência e reflexão para aqueles que injustamente lançam calúnias contra a doutrina Católica.

Proponho um exame de consciência para todos aqueles que falam do que não sabem, especialmente protestantes evangélicos que na sua maioria são ex católicos que nada conhecem do catolicismo.
MEMBRO DECEPADO - PODE SER, PORÉM, 
REIMPLANTADO
“Um homem Cristão é Católico enquanto vive no corpo; decepado deste, torna-se um herege. O Espírito não segue um membro amputado.” Santo Agostinho.
Ao contrário do que pensa todo e qualquer protestante, o “Só a Bíblia” de Lutero é de fato a doutrina antibíblica mais nociva que já existiu, pois dela derivam todos os principais erros doutrinários que assistimos em grande profusão nas seitas protestantes.


A Bíblia não se autodefine como única fonte de revelação e assim sendo, quando alguém diz “Só a Bíblia”, o está fazendo por si mesmo ou imitando outro protestante que, por sua vez, copiou a doutrina antibíblica de um outro par ou de alguma outra denominação protestante.
“Enquanto os Protestantes estudam o menu (a Bíblia), os Católicos se deliciam com a refeição.” Dr. Scott Hahn.
Então vem o protestante e diz: “a Bíblia ensina que toda escritura é útil…”
Senhor protestante, preste atenção.

Útil é útil.

Útil não é o mesmo que suficiente.

Útil é auxílio. Aliás, no caso da Bíblia, um precioso auxílio.

INDISPENSÁVEL é a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade (1Timóteo 3,15).

O que isso quer dizer ?

Sem a Igreja a verdade não se sustenta.
O protestante faz o contrário.


IGREJA DESCARTÁVEL
O que deveria ser útil para o seu aprendizado vira único e absoluto. E a Igreja que, inclusive pela própria Bíblia, é imprescindível, vira descartável já que é o próprio protestante diz: “…igreja não salva ninguém.”

E o protestante ainda tem coragem de gritar: “Católicos, leiam a Bíblia.”
Nem Jesus ou qualquer dos seus apóstolos disse que no futuro todos deveriam praticar o conceito “Só a Bíblia”.

Pelo contrário.

São Paulo, por exemplo, nos orientou que guardássemos as tradições de tudo que foi transmitido.

Portanto, pela Bíblia a tradição necessariamente deve ser assimilada.

E quando se diz que a tradição deve ser assimilada é obrigatório que alguém a transmita.

E qual protestante poderá transmiti-la se todos sem exceção a desprezam?

E se não transmitem a tradição, como podem absorve-la e assim atender na íntegra a disposição bíblica?

E se não transmitem a tradição e portanto, não sendo possível a eles absorvê-la, como poderão ser bons cristãos?
E tornando a Bíblia que deveria ser útil como indispensável, ele acaba por cair em contradição.

Ora, se a Bíblia é suficiente como dizem os protestantes, seria lícito esperarmos que suas resoluções fossem cumpridas na íntegra, entre as quais a observância quanto às tradições das quais nos falou o apóstolo e cujo registro é bíblico, e, também em relação a Igreja que é definida pelo texto bíblico como coluna e sustentáculo da verdade.

O protestante se contradiz com sua própria armadilha e no conceito que copiou para si e que deseja impor aos demais.
Os cristãos dos primeiros séculos não dispunham de Bíblia e possivelmente foram melhores e mais provados na fé do que nós.

Como fazem as crianças ou aqueles que não podem ler?
O Altíssimo achou por bem que tivéssemos a Bíblia e incumbiu a Igreja Católica Apostólica Romana e não Lutero de produzi-la.

O que Lutero fez foi modificar uma Bíblia que já existia.

É sempre assim.

BÍBLIA PROTESTANTE É COMO NOTA FALSA
Se para construir foi necessário o Espírito Santo, para distorcer basta a ação humana.

Lutero simplesmente modificou a palavra de DEUS e todos protestantes aceitaram.
DEUS permitiu aos cristãos do primeiro século seguirem Jesus Cristo sem Bíblia e ensinados pela tradição que era transmitida pela Igreja.

Posteriormente, por vontade e inspiração divinas os cristãos passaram a ter Igreja e Bíblia.
Veio Lutero que não foi inspirado pelo Espírito Santo e cuja existência e atuação deveriam ser provada pela Bíblia, já que o protestante grita “Só a Bíblia”, e decidiu que poderia retirar livros e promover alterações por conta própria.

E depois de Lutero que já não convence ninguém, vem o protestante/evangélico nacional e moderno, e, tomando o lugar de DEUS decide que agora todos deverão ter Bíblia e que Igreja não serve mais para nada!

E este protestante “moderno” é que decide como se deve interpretar a Bíblia, condenando, sobretudo a interpretação católica de 2.000 anos.

Perfazendo o caminho inverso, os protestantes históricos dizem:
Reverendo protestante O. J. Nelson, de Bellingham, Wash diz:
“No sentido exato, ninguém além dos Católicos tem uma Bíblia infalível e ninguém além dos Católicos podem ser chamados de cristãos ortodoxos. . . só há uma Igreja Cristã de realidade e autoridade consistente e é a Igreja Católica”.
“O tempo está vindo, se, realmente, já não veio, quando estas igrejas definitivamente e decididamente têm que se perguntar se a Bíblia é de Deus ou do homem. E neste campo, o Papa é o único e exclusivo Campeão da Bíblia como a Palavra de Deus”.
Algernon Sdiney Crapsay
O Reverendo dr. A. S. Crapsey, escrevendo a “Free Religious Association”:
“A maioria das denominações protestantes estão retornando, voltando para os Católicos. Eles estão perdendo sua liderança intelectual por não manter passo com os estudiosos. O protestantismo seguirá e obedecerá a lei da gravitação, desintegrará,e assim perderá todo o poder “.
O protestante não só diz que Igreja não salva ninguém como também afirma que basta crer para ser salvo.

A Bíblia demonstra claramente que haverá um julgamento, mas o protestante sente-se salvo sem julgamento pelo “Sola Fide” de Lutero e mais uma vez tomando o lugar de DEUS decide quem e porque está condenado.

E depois ainda grita o protestante: “Católicos, leiam a Bíblia.”
A Igreja é o corpo místico do Senhor Jesus e recusá-la significa não aderir a Cristo como se deve.

Por isso, ao contrário dos protestantes, especialmente evangélicos que dizem que Igreja não serve para nada, nossos santos dizem:
”ONDE ESTIVER O BISPO, ESTEJA O POVO, ASSIM COMO ONDE ESTÁ JESUS CRISTO, ESTÁ A IGREJA CATÓLICA”. (Santo Inácio de Antioquia, Carta aos Esmirnenses, 8, ano 106 d.C.).
Ao contrário do mundo protestante, onde o crente faz o favor de “aceitar Jesus”, na doutrina católica é o Senhor que nos convida e que nos acolhe.

Ele nos amou primeiro. Sempre ele.

Não temos mérito algum.

E acaso não sabeis que esse mesmo Senhor é o mesmo ontem, hoje e eternamente?

Com é possível que a Igreja que é seu corpo místico se modifique se a cabeça é íntegra e nunca se modifica?

O relativismo é vosso.

Como disse vosso pai Lutero sobre a doutrina do livre exame que ele mesmo criou, cada cabeça é uma “igreja”.
E seu amigo Melanchthon escreveu:
“Nem toda a água do rio Elba daria lágrimas bastante para chorar a desgraça da Reforma”.
Mas vem o protestante outra vez dizendo: “…a bíblia manda que examinemos as escrituras e assim eu posso interpreta-las.”
Se examinar é igual a interpretar então você protestante está me dizendo que a Bíblia é contraditória.


A Bíblia diz que interpretação alguma é de caráter individual (Pedro).


Vem você protestante e diz que examinar é o mesmo que interpretar.
Como é possível que a Bíblia que condena a interpretação individual ao mesmo tempo ensine que é lícita toda e qualquer interpretação individual ?
Meu caro protestante, examinar não é o mesmo que interpretar. Isso é primário.
Eu examino meus filhos e vejo se algum deles está quente demais.


Posso até imaginar que algo não anda bem com um deles.


Posso até arriscar que um deles está com febre.


Mas o diagnóstico preciso não sou eu quem dou.


Não sou médico e assim não ouso dizer que é virose, catapora ou sinusite.
Quer outro exemplo ?
Eu percebo um vento esquisito durante a tarde.


Noto ainda que o céu está cinza ao invés de azul.


Vejo nuvens carregadas.


Penso até que vai chover.


Mas não posso precisar quando, onde, por quanto tempo e a quantidade de chuva que irá cair.


Isso quem faz é o especialista.


O serviço de meteorologia.


E por vezes nem chega a chover.


As nuvens se desfazem e o sol volta a brilhar.


Imagina alguém que só sai de casa depois de ouvir a minha opinião sobre o tempo?
Tela de Bruegel - Cego guiando cego
Seria o mesmo que dizer: “ignorante guiando ignorante”.


Felizmente, ninguém se vale da minha opinião para saber a previsão do tempo e tampouco minha sábia esposa me consulta sobre as enfermidades de meus filhos. Ela procura o especialista.
A Bíblia diz que cada um de nós tem uma função dentro do corpo de Cristo.


Uns são mestres.


Outros são intérpretes.


Outros são obreiros.


E existem aqueles que são sacerdotes.


Todos como membros de um só corpo.
Em outras palavras, a Bíblia nos assegura que nem todos são doutores, sacerdotes ou intérpretes.
O protestantismo para variar faz tudo diferente do que a Bíblia manda.


Todos são mestres, teólogos, especialistas, sábios, doutores, professores, intérpretes da Bíblia, sacerdotes, reis, possíveis donos de igrejas e críticos.


Principalmente críticos.


Críticos eventuais de seus próprios pares, especialmente para justificar a abertura de novas denominações.


E críticos implacáveis do catolicismo do qual nada conhecem.


E vem o protestante que não entendeu o texto bíblico e diz: “Católicos leiam a Bíblia.”
Arvora-se o protestante como defensor da Bíblia e gritando em alto e bom som e apontando o dedo para os católicos pronuncia e repete: “Falta ao povo católico conhecimento bíblico”


No entanto, é esse mesmo protestante 
que despreza a Bíblia


se não vejamos:
- Ignora o Pai Nosso;


- Ignora a bem aventurança de Maria;


- Ignora as obras;


- O anjo do Senhor saúda Maria, mas o protestante acha que pode ofendê-la;


- O anjo diz a Maria que ela achou graça diante do Senhor, mas o protestante diz que ela foi uma mulher como outra qualquer;


- A Bíblia diz que Maria é bendita entre todas as mulheres, mas o protestante diz que ela é apenas uma pecadora e uma mulher que teve vários filhos;


- Isabel chama Maria como mãe do meu Senhor, mas o protestante diz que Maria não é mãe de DEUS;


- João Batista estremece de alegria no ventre de Isabel ao ouvir a voz de Maria, mas o protestante se enfurece quando ouve alguma saudação a virgem;


- A Bíblia proíbe a interpretação pessoal, mas o protestante “interpreta” dizendo-se inspirado pelo Espírito Santo;


- A Bíblia define a Igreja como coluna e sustentáculo da verdade, mas o protestante diz que Igreja não serve para nada;


- Jesus diz que a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas, mas o protestante diz que religião não serve para nada;


- A Bíblia diz perseverai até o fim, mas o protestante já se sente salvo e condena os demais antes de qualquer julgamento;


- A Bíblia diz que nossas obras serão levadas em consideração no dia do julgamento, mas o protestante diz que obras não servem para nada;


- Jesus diz que são de sua família todos que ouvem e praticam a palavra, mas o povo de Deus é só evangélico ou protestante. Vale o rótulo.


- NÃO CONFIO!!!! - 
- A Bíblia diz que todos devem ser um só e eles se dividem em várias denominações;




- A Bíblia diz que não se deve confiar no homem, mas eles confiam nas “reformas” de Lutero que negou a si próprio quando disse que não se deve confiar em um sacerdote. Ora, Lutero era monge. Confiam nas visões de seus pastores e confiam nas suas próprias profecias e interpretações;


- A Bíblia nos mostra que João Batista pediu penitência e o protestante diz que penitência não serve para nada;


- Jesus faz separação entre os pecados quando nos diz que pecado maior cometeu quem lhe entregou a Pilatos. E o protestante para variar diz que não há diferenças entre os pecados.
“SE VOCÊ ACREDITA NO QUE LHE AGRADA NOS EVANGELHOS E REJEITA O QUE NÃO GOSTA, NÃO É NOS EVANGELHOS QUE VOCÊ CRÊ, MAS EM VOCÊ" (SANTO AGOSTINHO)”
Na prática, o protestante faz o que a Bíblia 
condena e o que ela ordena ele rejeita


O protestante vive basicamente do anti catolicismo.
A Bíblia diz que Jesus levou para a Cruz as nossas enfermidades e pecados.


E por isso tem gente no vosso meio dizendo que cristão não fica doente ou não deveria ficar.


Mas não continuamos pecando?


Por que não haveríamos de ficar doentes?


E tem alguém ainda vivo do tempo em que Jesus curou?


Provavelmente a maioria morreu de doença.


E alguém duvida que depois de terem sido curados ou ressuscitados por Jesus eram crentes melhores do que qualquer um de nós?


E os pregadores que dizem tais bobagens sobre Cristo são os mesmos que quando estão doentes procuram os médicos.


Se estão com dor de cabeça tomam analgésicos.


E muitos usam óculos.


Deveriam usar Telescópios de última geração para ver se conseguem entender alguma coisa da mensagem de Jesus.


E grita o o protestante: “Católicos leiam a Bíblia”.
Santo Agostinho: “Não penses que as heresias são produto de mentes obtusas. É necessário uma mente brilhante para conceber e gerar uma heresia. Quanto maior o brilho da mente, maiores suas aberrações”.
Lutero não gostou do que viu ou ouviu e resolveu protestar.


Como não foi atendido resolveu fundar uma nova igreja.


O protestante não concordou com Lutero na íntegra e fundou uma nova denominação.


A nova denominação não agradou a todos e então outros fundaram novas denominações.
A Bíblia não prescreve a fundação de “igrejas” e além disso condena a divisão.


E todos sem exceção, fazendo tudo diferente do que ensina a Bíblia se dizem seus defensores e intérpretes.


Dizendo-se seguidores de Jesus, fazem exatamente o que ele não mandou fazer. Seguem denominações fundadas por homens ou fundam as suas próprias.


E grita o protestante: “Católicos leiam a Bíblia”.


E tem mais
“A fé vem pelo ouvido”


Mas para o protestante a leitura é melhor do que o ouvir.


Para variar, o protestante faz diferente do que a Bíblia ensina.


Seus próprios pregadores dizem que o crente não deve acreditar no que eles pregam, mas confirmar o que foi pregado a partir da sua própria leitura individual.


Que não se deve dar crédito aos pregadores protestantes isso eu também sei.


Mas de modo algum a Bíblia manda que a leitura dos textos substitua o ato de ouvir.


E nesse caso o “ouvir” é ouvir de fato de uma fonte confiável, algo que provamos não ser possível no protestantismo.


E não é só isso

Para quem de fato faz a leitura da Bíblia livre do preconceito protestante não terá dificuldades de entender que não adianta ler a Bíblia se não há alguém que a explique.
O eunuco da Rainha clamou por uma explicação.


Mas para o protestante, muito embora o texto bíblico aponte na direção do dueto ouvir/explicar, ele sempre resolve fazer diferente.


Considera sua leitura suficiente e não precisa de explicação de espécie alguma.


EXPLICAÇÕES - NEM PRECISA NEM ADIANTA


O protestante considera que o próprio Espírito Santo lhe dá todas as explicações a partir da leitura que faz e assim ele pode interpretar livremente a Bíblia Sagrada e embora a Bíblia diga que a fé vem pelo ouvir ele considera que no seu caso o entendimento pessoal é superior e suficiente.


Todavia, depois de ter escolhido por conta própria o critério que pretende seguir, o protestante não consegue explicar uma série de coisas.
Por que cada irmão seu protestante possui um entendimento pessoal diferente se o Espírito Santo é um só ?
Por que o Espírito Santo parece ter esquecido o eunuco ? Ao contrário de todo e qualquer crente protestante que é auto suficiente, o eunuco implorava por explicação.
Por que parece ao protestante que o Espírito Santo não presta assistência a Igreja Católica ?
Por que só a interpretação católica que está errada ?
Afinal de contas não é o protestante que diz que a Bíblia não fala em Igreja Católica.
Onde está o texto bíblico que diz claramente que o Espírito Santo assistiria a todo e qualquer protestante e ao mesmo tempo só negaria assistência ao eunuco e a Igreja Católica ?
E onde está o texto bíblico que garante a qualquer protestante a assistência infalível do Espírito Santo em suas interpretações particulares ?
E onde está o texto bíblico que garante aos protestantes divergirem entre si em matéria de fé e doutrina e ao permanecerem todos certos ao mesmo tempo ?
João
“Eles saíram dentre nós, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, ficariam certamente conosco. Mas isto se dá para que se conheça que nem todos são dos nossos.”
Pedro
“Ora, assim como entre o povo houve falsos profetas, do mesmo modo haverá entre vós falsos doutores, que introduzirão seitas de perdição e renegarão aquele Senhor que os resgatou, atraindo sobre si mesmos uma pronta ruína. Muitos seguirão as suas dissoluções, por causa dos quais será blasfemado o caminho da verdade, e, por avareza, com palavras fingidas, farão negócio de vós, mas a sua condenação já desde há muito não repousa e a sua perdição não dorme”. (II Ped. 2, 1-3).”
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >