domingo, 13 de janeiro de 2013

COMUNISMO - "PARAÍSO" INAUGURADO COM MORTICÍNIO, EXÍLIO E CONFISCOS



Arcebispo Fulton Sheen
"O Comunismo é o ópio do povo porque adormece os pobres prometendo-lhes algo que nunca lhes pode dar, ou seja, um paraíso terrestre. Mudando apenas uma palavra numa sentença de Lenine: “O Comunismo ensina aqueles que labutam toda a sua vida em pobreza a serem resignados e pacientes neste mundo, e consola-os pelo pensamento de um paraíso terrestre”.






Singular espécie de paraíso esse, que é inaugurado pelo morticínio, pelo exílio e pelo confisco; estranha espécie de paraíso esse, que espera estabelecer a fraternidade pregando a luta de classes, e estabelecer a paz praticando a violência. Estranha espécie de paraíso esse que tem de recorrer ao temor e à tirania para impedir que alguém “escape” dele.
Da obra Comunismo: o ópio do povo, do Venerável Arcebispo Fulton Sheen


CONTRIBUIÇÃO DE NICÉLIA PINHEIRO
Acesse também:








Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >