quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

SÃO DIMAS - A QUESTÃO DO SEU BATISMO E DO PERDÃO DE SEUS PECADOS.

Davi Silva - Jesus Cristo abriu uma EXCEÇÃO para o Dimas, hein meu caro Oswaldo De Paula Garcia???


RESPOSTA - Se a sua opinião diverge da de Cristo, certamente você está errado e Cristo certo.

Se ele disse que sem o batismo seria impossível entrar nos céus 
(Jo 3,3) e, se na cruz ele admitiu Dimas nos céus, certamente não poderia ser sem o batismo mesmo que fosse de desejo e, ainda por cima, implícito, de acordo com os ensinos da Igreja Católica.

-o0O0o-

Davi Silva - Pq o Dimas foi mártire??? Ele foi o homem mais sanguinário da sua época!!!


Ciro Jose - CARO Davi Silva----UM LADRAO MARTIR ESSA DO Oswaldo De Paula Garcia-----FOI MAIOR HERESIA DE JANEIRO


RESPOSTA -
"... 
 a caridade [amor] cobre a multidão dos pecados..." (1Pe 4,8). 

Lembra-se daquele mulher que beijava os pés do Senhor, lavava-os com suas lágrimas e os enxugava com seus cabelos?

Dela disse Jesus:

"... 
seus numerosos pecados lhe foram perdoados, porque ela tem demonstrado muito amor".  (Lc 7,47).

Temos, pois, resolvidos dois problemas:

1 - o do Batismo (em minha mensagem enviada há 11 min.)

2 - e o dos pecados de Dimas.


O TERMO MÁRTIR - 
Testemunho cristão é o relato histórico da vida na igreja primitiva, que equivalia a martírio pela fé. Do grego "μάρτυς" (testemunha) tem a pronúncia (máartez) bem parecida com o português (transliterando - mártys). O dicionário Michaelis define mártir como pessoa que sofreu tormentos ou a morte, pela fé cristã ou pessoa que sofre por sustentar as suas crenças ou as suas opiniões. Com exceção de João, que foi exilado em Patmos, e lá escreveu Apocalipse, todos os apóstolos foram martirizados em morte violenta pelo nome de Cristo Jesus.

testemunho apostólico consistiu em relatar o que ocularmente presenciaram, o que padeceram por não negarem a fé no nome do seu Mestre Jesus; pregar e dar continuidade por intermédio do Evangelho, relatando acontecimentos na vida terrena de Jesus; cumprir o ide recomendado por Jesus à toda criatura.
Hoje, em alguns lugares do mundocristãos sofrem, ainda, martírio por não negar a , ou por tentar professar sua fé. Já nos países onde há a liberdade de culto, o martírio cristão equivale ao mandamento de "negar a si mesmo" e "tomar sua cruz", significando o auto martírio da vontade pessoal, para imperar a vontade da Palavra. Morre o velho homem, para um "nascer de novo".

DIMAS, à beira da morte testemunhou sua fé em Cristo, promovendo sua defesa, reconhecendo-se culpado, mas declarando a Jesus como inocente.
Postar um comentário

Compartilhar

 
  •  
    Ocorreu um erro neste gadget

    FAZER PEDIDO AQUI

    MAIS OUTRA NOVIDADE!
    Já está em andamento o segundo volume do
    NDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA"

    ROLE O BANNER E CLIQUE NO ASSUNTO DESEJADO

    >
    > >